Deixar pai e mãe - evitando conflitos no casamento

convivendo com sogros

"Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne." Gênesis 2:24

Esse talvez seja um dos versículos que os cônjuges só passam a recitá-lo constantemente após o casamento quando percebem que seu marido ou esposa mantém ainda uma ligação excessiva com os pais após o casamento.

Esse é um assunto bastante delicado e existe uma linha tênue que precisa ser bem visualizada para que possamos desfrutar da paz em nosso casamento e no relacionamento com nossos sogros.

A primeira coisa a observarmos é que Deus disse exatamente o que queria dizer em Gênesis 2.24 - deixe pai e mãe e una-se a sua mulher. O assunto foi mencionado por 3 vezes no Novo Testamento: Mateus 19.4, Marcos 10.7 e Efésios 5.31
As palavras hebraicas usadas em Gênesis 2:24 para "o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher," significa "a abandonar a dependência", "deixar para trás", "soltar", e "solte."
Isso inclui não apenas abandonar a dependência emocional mas financeira também.

O psicólogo Dan Allender diz no livro Intimate Allies (aliados íntimos) que "a incapacidade de mudar a lealdade dos pais para os cônjuges é uma questão central em quase todo o conflito conjugal."

Esse comportamento exige maturidade para deixar a dependência dos pais e assumir a responsabilidade pela família que está constituindo. O versículo de Efésios 5.23 mostra que o marido é o cabeça da esposa. Na ordem de Deus o marido é o cabeça, responsável pela esposa e filhos. Então se você casa e continua morando na casa dos seus pais, haverá um problema hierárquico (duas cabeças - seu pai e seu marido). Por este motivo torna-se inviável, e até perigoso para o casamento, morar com os pais. Quem vai ser o cabeça do lar?
Essa situação também acaba roubando o marido do seu potencial de liderança da família pois ele fica impedido de liderar na casa do sogro.
Já no caso do homem ele não pode ser tanto um filho como um marido independente na mesma casa.

Os casais precisam entender que nenhuma relação na terra, com exceção é claro do relacionamento com Cristo, é mais importante do que a relação com o cônjuge.

Agora preste atenção:  deixar seus pais não significa que você deixa definitivamente de ter um bom relacionamento com eles.

Você pode honrar seus pais e também colher benefícios do relacionamento com eles, buscando sua sabedoria sobre determinadas questões. Mas isso deve acontecer apenas quando  você pedir  para que ofereçam os seus conhecimentos, deixe claro que está procurando informações e conselhos, e não abrindo mão do seu direito de tomar as decisões finais junto com seu cônjuge. Não permita que os pais inocentemente (ou não) criem uma brecha entre você e seu cônjuge. Alguns pais podem tentar manipular e controlar seus filhos.

Se você tem tido dificuldades para deixar seus pais ou essa é a dificuldade do seu cônjuge, tenha calma, comece apresentando a questão a Deus em oração e busque conversar com seu cônjuge sobre o assunto. Isso é uma mudança que muitas vezes acontece lentamente principalmente se a dependência aos pais era muito grande antes do casamento.

Assista nosso vídeo: Relacionamento com os parentes


Comentários

  1. Muito esclarecedor. Estou passando por esse dilema, no nosso caso, minha esposa quando perdeu a mãe, o pai dela veio morar com a gente de forma temporária que já se vão por varios anos, difícil, muito difícil. Sinto que não tenho autonomia nenhuma, se continuar assim já vejo como vai acabar este matrimônio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero e oro para que você e sua esposa possam sentar e conversar sobre a situação do seu casamento. Creio que existe uma solução que pode beneficiar a união de vocês sem desamparar o pai dela. Conversem, sejam francos sobre como estão se sentindo e busquem juntos uma solução. Deus abençoe!

      Excluir
  2. Muito boa a mensagem! Eu tenho passado tempos terríveis com meu esposo. Ele é extremamente dependente emocionalmente da família natural. Temos dois filhos pequenos e ele, de 15 em 15 dias, nos deixa em ksa sozinhos e passa três dias com a família na cidade de origem, faça chuva ou faça sol. Não quer viajar conosco, passear. Ele fica em ksa para trabalhar e seu lazer é ficar junto da família natural. Fora isso, todos os dias estão a se falar e a interferir nas decisões de nossa ksa. Me sinto desnorteada, como se ele fosse um visitante aqui. Não o vejo como o cabeça do lar. Sinto que eu e os nossos filhos estamos a vagar sozinhos. Não sei o que fazer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue orando e buscando a Deus, Ele lhe dará sabedoria para conversar com seu esposo no momento oportuno. Deus pode mudar o que acreditamos não ter saída. 💕 Deus abençoe

      Excluir
  3. Muito bom esclarecedor

    Eu passo por isso, moro com meus sogros, já fiz de tudo pra mim e meu esposo embora daqui, mais ele não quer de jeito nenhum

    ResponderExcluir
  4. Converse com ele mais uma vez e pergunte a razão dele não querer deixar a casa dos pais, visto que agora ele é casado e tem a própria família. Muitas vezes ele tem medo de assumir a responsabilidade pelo próprio lar. Muita conversa, oração e aconselhamento pode com certeza ajudar vocês. O arquivo está em tamanho A4 é só ajustar sua impressora para "ajustar área imprimível" 💖 Deus abençoe 🌷

    ResponderExcluir
  5. Eu estou passando um momento tão estranho sempre tive minha independência de morar sem parentes na mesa casa agora já casado onde mora minha sogra que gente boa amo ele minha cunhada e dois filhos da minha cunhada e minha esposa e eu sendo que minha sogra e não e na mesma casa moramos eu e minha esposa no primeiro andar o imóvel e da sogra tem uma laje que minha esposa quer fazer a nossa casa sendo que tenho casa ms ela não quer ir o que faço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com sua esposa, tudo no casamento é conversa. Diga a ela como se sente e que agora é hora de construir a vida de vocês na casa que você já tem. Ouça o que ela tem a dizer e procurem chegar a um acordo. Deus abençoe

      Excluir
  6. Gostei muito desse texto
    Vivo um problema sou casada tenho uma filha de 5anos antes do casamento e ele um filho 4 anos antes do casamento ambos mora com agente mais infelismente a minha sogra não gosta de mim so sabe ver meu lado ruim e joga o filho dele contra mim eu e ele temos uma filha linda mais não aguento mais as coisas que ela faz as palavras dela doi e a vontade que eu tenho e de ir embora e acabar com esse tormento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chame seu esposo para uma conversa. Ele precisa saber como você está se sentindo, ele precisa intervir na situação já que é a mãe dele que está causando problemas. É necessário colocar limites e ele deve fazer isto. 💖 Deus abençoe 🌷

      Excluir
  7. Passo isso com meu esposo, ele morava com os pais onde dependia 100% deles em tudo.
    engravidei e ele veio morar comigo, comprou um caminhão aonde ele trabalha de segunda a quinta com o pai que também tem um caminhão o resto da semana ele passo o dia com o pai mexendo em caminhão e no sábado e domingo temos que estar lá na casa dos pais, se não eles vem pra minha casa, e meu sogro manda e desmanda nele, isso está acabando com a nossa vida de casados porque não temos privacidade e nem nosso tempo pra nós pq sempre os pais vem em primeiro lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com ele, fale como está se sentindo. Muitas vezes o marido não percebe o que está ocorrendo principalmente quando havia esta dependência que você coloca em seu comentário. Deixe claro para ele que agora vocês são uma família e ele precisa dedicar uma parte do tempo a vocês. 💖 Deus abençoe 🌷

      Excluir
  8. Eu e meu marido não moramos perto de nossos pais, meu esposo não deixa faltar nada em casa, porém tem uma preocupação excessiva com as casa dos pais e irmãos. Sinto que ele não me vê como sua família, aquela que ele faria tudo para ver feliz, prefere ver os familiares felizes do que sua nova família.
    Acho isso desesperador para mim, pois não me sinto segura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com ele, será que estes sentimentos que você tem são reais? Tente saber dele por que a preocupação excessiva com os pais e irmãos dele, fale como tem se sentido sem acusar ninguém. uma boa conversa pode ajudar muito. 💖 Deus abençoe 🌷

      Excluir
  9. Meu sogro e sogra na frente do meu esposo é uma coisa por trás é outra eles me humilham me ameaçam mais sempre que converso com meu esposo ele diz que são os pais dele e que não pode fazer nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amada, a responsabilidade é total do seu esposo em conversar com os pais e estabelecer limites. não que isto seja algo fácil, pois muitos homens dependendo da criação que tiveram não conseguem ter esta atitude. Chame-o para mais uma conversa e seja bem clara e específica, sem ser grosseira, afinal você está falando dos pais dele, porém seja firme. Não diga que eles são falsos ou outros termos, apenas diga que a maneira como o relacionamento deles com você n ausência dele é ruim. E por fim EVITE ao máximo contato com seus sogros na ausência do seu marido. 💖 Deus abençoe 🌷

      Excluir
  10. Hoje vai fazer 4 dias que meu esposo não fala comigo ele dorme no sofa ,já tentei diversas vezes me aproximar mais ele não quer tudo porque eu questionei porque ele vivia atrás do pai dele sendo que ele estava nos ameaçando e xingando nossas filhas .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É hora de chamá-lo para uma conversa séria. Diga que o comportamento dele é inaceitável e que vocês são adultos e devem resolver as questões como tal. Diga que como filho, espera que ele possa conversar com o pai para honrar e proteger você e sua filha. Pergunte quão importante é o casamento de vocês para ele. E por fim, evite ao máximo a convivência desnecessária com seu sogro. Não seja mal educada porém não queira proximidade.

      Excluir
  11. Passo por isso. Namorei 5 anos e casei há 2 anos vim morar com a minha sogra na casa dela. Ela é idosa mas independente de tudo. Meu esposo acha que não deve abandonar ela pq ela precisa dele, que não ter consciência pesada quando ela morrer. Mas nossa relação está se desgastando pq ela é manipuladora, falsa, inconveniente. Mente e tem duas caras. Não suporto mais falei que final do ano eu sairia e procuraria meu canto. Ele se sente pressionado e se chateia com isso. Penso em sair sim e se ele quiser q venha comigo se não sinto muito ele não entendeu ainda o unir e se tornar uma só carne.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com ele mais uma vez e deixe a situação bem clara, não acuse a mãe dele com palavras como falsa e de duas caras, afinal é mãe dele. Apenas diga que você como esposa quer ter o seu lar com ele e que isso não significa desamparar a mãe dele quando ela realmente precisar, mas que o casamento de vocês também é importante. Mostre este texto a ele e peça que ele leia. 💖 Deus abençoe 🌷

      Excluir
  12. Meu Deus, estou arrepiado com tantos depoimentos... sinto que meus olhos foram abertos com essa passagem bíblica que eu desconhecia. È como se desse um click na minha cabeça!! Até o momento pensei que era marcação da minha mulher com a minha família, dizendo que eu só dava atenção para eles todo final de semana . Agora consigo ver que eu estava errado, e que isso acontece com mais pessoas. São 8 anos ouvindo reclamação dela sobre isso... que ela e Deus me perdoe e me de sabedoria para que eu consiga reverter essa situação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você conseguirá reverter sim a situação. primeiro procure sua esposa, sente com ela para uma conversa e diga que errou e que sente muito por não ter percebido antes que ela tinha razão. Depois tome uma atitude em relação a sua família deixando bem claro que agora você é líder em sua casa e não irá permitir que ninguém interfira no casamento de vocês ou desrespeite sua esposa. Com certeza eles irão se chocar com sua reação afinal você deixou isso acontecer por 8 anos. mas seja firme. deus irá honrar sua atitude.

      Excluir
  13. Eu estou passando por algo parecido eu e meu esposo nós casamos só que a uma ponte entre nós dois a distância.
    E o fato de que somos precionados a não deixar o lar de nosso país e avós.
    Gostaria saber se a esposa tem obrigação seguir seu marido onde está escrito na bíblia isso só o que sei que o marido deve largar pais e mãe e unir se a mulher esclareça me por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou na mesma situação amigo gostaria de uma resposta esclarecedora

      Excluir
  14. É uma Benção, poder ler e aprender mas sobre Família,muito obrigado pela mensagem.

    ResponderExcluir
  15. Axei lindo os depoimentos e em especial os esclarecimentos...namoro um rapaz a 9meses ainda nao conheci os pais dele ele fala mto bem da mae.mas do.pai não tanto diz que o pai é mto ruim dinheirista e que só pensa em carro recebe 2aposentadoria e compra cesta pra comer sempre mando coisas pra eles comer e os pais nem se querem me convidam pra ir la nao os conheco mas qdo vou da um conselho sobre ele ter sua própria idependencia ele foge do assunto mas vejo que fica do lado dos pais..o pai dele é aquela pessoa bem antiga que nao muda por nada...e eu estou com medo de quebrar a cara ficando com ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom amada, analise bem e veja se deve continuar a investir em um relacionamento assim. Após o casamento as coisas ficam mais sérias. 💖 Deus abençoe 🌷

      Excluir
  16. Também estou vivendo uma situação complicada. Vivemos eu e meu marido e nossos dois filhos no mesmo terreno que meus pais, mesmo sendo casas separadas estamos tendo problemas. Minha mãe interfere na educação dos meus filhos, não consigo ter autonomia para corrigir os dois, ela não me escuta. Tivemos problemas financeiros e minha mãe nos ajudou muito, aí fico receosa até de falar ou decidir as coisas em casa, é como se eu tivesse sempre que dar satisfação de tudo que fazemos e estamos sem privacidade. Quero me mudar urgente, apareceu uma oportunidade de ir para uma casa vazia que pertence a minha avó em outro estado, mas minha mãe disse que é loucura. Me sinto impotente, parece que estou sempre sob controle da minha mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua família agora é seus esposo e seus filhos. Converse com seu marido sobre a decisão de morarem na casa de sua avó e de acordo com o que decidirem juntos, siga adiante. Ame sempre sua mãe e honre-a, mas jamais deixe que ela interfira no seu casamento, estabeleça os limites. Agora você tem o seu lar.

      Excluir
  17. Antes de me casar sempre morei com minha avó, depois que me casei minha mãe vive dizendo que não a honro, principalmente depois que me casei, ela disse de que adianta ser uma boa esposa e péssima filha, eu nunca fui uma má filha, sempre a respeitei, mais depois de casada ela sempre fala isso pra mim,ela não gosta do meu esposo, ela diz que ele me afastou dela, mais eu sempre fui criada pela minha vó,as vezes eu me culpo por isso, penso que realmente não sou uma boa filha,e as vezes até disculto com meu marido por isso, eu nem sei o que pensar, se estou certa ou errada,meu esposo é excelente marido e um excelente pai.ele também nunca desrespeito ela .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, sua família agora é o seu esposo. Ame sua mãe, porém não admita que ela fale mal do seu esposo. Independente de você ter sido criada por sua avó, isso não d´a a ela o direito de usar até de artifícios emocionais para fazer com que você se sinta mal por agora estar honrando sua casa e seu esposo. Estabeleça limites claros. Deus a abençoe.

      Excluir
  18. Rapaz eu li quase todos os comentários e vi q é sério esse assunto, não sei o q dizer da minha situação, vivo coisas q n sei mais o q fazer, so oro pq sei q somente ele pode fazer alguma coisas, luto p n deixar a angustia e a tristeza tomar conta, vivo a dar minha cara a tapa, vivo em guerra p n fugir do propósito de Deus, casamento é renúncia, é seríssimo.
    Que o SENHOR possa abençoar e ajudar todos q vivem uma situação complicada. Oremos uns pelos outros.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas