quarta-feira, 17 de julho de 2019

Descanse, não desista!


Nem sempre é fácil permanecer quando nos sentimos cansadas não é mesmo? Mas será que a solução é realmente desistir? Será que o fato de cansar significa que é hora de parar?

Vamos conversar um pouco sobre isso e ver o que Paulo nos diz em Gálatas 6.9

Para assistir ao vídeo é só clicar na imagem abaixo

Não esqueça de deixar seu preciosos comentário ele é muito importante para mim.

terça-feira, 16 de julho de 2019

Seu cônjuge e a mina


Sou fã de analogias. Gosto muito de fazer comparações entre situações e circunstâncias da vida pois acabo sempre tendo lições preciosas e foi assim que surgiu o que vou compartilhar com você hoje. 

Com certeza se me acompanha a algum tempo por aqui sabe que sou uma apaixonada pelo casamento, acredito que ele pode ser vivido em sua plenitude quando buscamos vivê-lo a maneira de Deus. Mas dizer que o casamento bem-sucedido é algo fácil, há isso certamente você nunca me ouvirá dizer. 
Quando digo que o casamento não é algo fácil é pelo simples fato de estarmos falando da união de duas pessoas diferentes, que foram criadas em ambientes diferentes e que passaram a viver a vida juntos formando uma nova família. Isso em si já soa bastante desafiador, não é mesmo? 

E muitas vezes o que vai tornando o casamento ainda mais difícil de se viver é quando um cônjuge passa a olhar para o outro sem enxergar nele suas qualidades, suas belezas. Tudo que conseguem ver no outro são suas faltas, suas falhas e é exatamente aqui que entra minha analogia de hoje. 

Seu cônjuge é como uma mina de diamantes. 

Não sei o quanto você sabe sobre diamantes e como eles são adquiridos, eu mesma sei bem pouco mas comecei a aprender um pouco mais depois que comecei a ver sua relação com o casamento. 
A primeira coisa que precisa saber é que os diamantes são encontrados nas rochas e que não estão logo ali na superfície dela, porém estão localizados, no mínimo, a 200km de profundidade. Agora eu te pergunto: se você deseja encontrar um diamante o que precisará fazer? 

Exato! Escavar a rocha.  

A tarefa não parece fácil não é mesmo? Mas para se ter algo com tanto valor em mãos como um diamante muitas pessoas sabem que vale o esforço. 
Seu cônjuge é exatamente assim. Existe nele/nela muitos tesouros escondidos em sua personalidade e caráter que se você quiser ter em mãos terá que trabalhar duro para obter o melhor do outro. 

Agora vamos ao processo de trabalhar na mina que é o seu cônjuge. 

1. Amacie a pedra. 

Quando os geólogos entendem que em determinada rocha pode haver a presença de diamantes eles começam o trabalho. Mas não pense que eles pegam picaretas e vão batendo na rocha pouco a pouco. Eles usam explosivos! Começam com uma perfuradora para cavar até aproximadamente 17 metros de profundidades para depois colocarem os explosivos que transformaram a rocha em cascalho. 
Muitas vezes os tesouros escondidos na vida do seu cônjuge estão bem profundos e precisam ser descobertos por você, então comece usando a perfuradora da oração e leitura da Bíblia e quando estiver com uma boa profundidade use o explosivo do jejum em favor da vida dele/dela. E começará a ver a rocha desfazer-se em pequenos fragmentos de cascalho. 

2. Passando na peneira. 

Após transformar rocha em cascalho é preciso tritura-lo para fazê-lo ficar ainda mais fino e assim poder peneira-lo para restar apenas o que tem potencial para conter um diamante 
Agora que o coração do seu cônjuge já foi amaciado com suas orações e jejum em favor da vida dele é hora de triturar as pedrinhas de cascalho para poder passar na peneira. Comece a elogiar todas as ações positivas do seu cônjuge. Esqueça os defeitos, não foque neles afinal eles agora foram reduzidos a pequenas pedrinhas que logo, logo não terão tanto valor e serão descartados. 

3. Nem tudo vai virar joia 

Após encontrar as pedras com diamantes é preciso separar o que tem potencial para ser lapidado das outras pedras que apesar de serem igualmente diamantes não possuem condições de tornarem-se joias. Esses são usados para outros fins como peças de corte, serras e até em termômetros de precisão. 
Certamente o mesmo acontecerá com seu cônjuge, mesmo cercando seu cônjuge com suas intercessões, orações e jejuns, muitas qualidades que ele possui podem não parecer atrativas para você por serem diferentes das suas, mas não se engane elas também têm seu valor. As diferenças entre você e seu cônjuge são como esses diamantes que não brilharão como joias em vitrines, mas que certamente serviram para cortar, afiar e medir o calor em seu casamento.

E então está pronta(o) para começar a descobrir os diamantes escondidos no seu cônjuge? 

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Festa temática para encontro de casais


Olá queridos líderes do ministério de casais, no vídeo de hoje trago uma sugestão muito legal para reunir os casais do seu ministério de uma forma descontraída e muito saborosa. É a festa do cachorro-quente!

Essa é uma opção para ser feita em um encontro mais informal com o intuito de fortalecer a união do seu grupo. Tenho certeza que se você fizer os casais do seu ministério jamais vão esquecer.

E vamos as sugestões:

Vamos começar pelos detalhes da mesa principal. A ideia aqui é que você faça um estilo self-service onde casa um pode montar o seu cachorro-quente do jeito que preferir.
Para apresentação dos molhos e temperos você pode colocar em potinhos de vidros com plaquinhas charmosas


Outra opção é colocar nesse baldinhos charmosos. Eles dão um toque muito especial a decoração.

quinta-feira, 11 de julho de 2019

O que um devocional não é


Como é bom ter o nosso momento devocional com o Senhor todos os dias! Seja logo ao acordar ou em qualquer outro tempo separado para estar a sós com o Salvador fazem toda diferença em nossa jornada cristã. Todas nós precisamos separar esse tempo, que eu costumo chamar de minha hora silenciosa, para buscar aquele aconchego nos braços do Pai. 

Mas e quando não sabemos o que é um devocional? E quando a dúvida surge sobre o que eu preciso ter para começar meu devocional? 

Essa é uma das perguntas que recebo mais frequentemente quando converso com algumas de vocês por e-mail. E foi pensando em tentar simplificar essas dúvidas e também responder aquelas que tem a mesma dúvida, mas não perguntaram a ninguém ainda, que surgiu nossa postagem de hoje. 

Basicamente quero te contar 4 coisas que seu devocional não é, e assim poder te ajudar a entender o que ele realmente é. Vejamos:

1. O tempo devocional não é um estudo bíblico.  

É preciso que saibamos diferenciar um do outro e saber que ambos são vitais para o nosso crescimento. Porém fazer um devocional está mais relacionado ao seu coração do que ao lado intelectual do estudo bíblico. 

2. O devocional não está focado no contexto. 

Quando está fazendo sua leitura devocional você não está focando sua atenção no contexto, embora ele possa te auxiliar no caminho. O seu objetivo é descobrir o que Deus está lhe falando ao coração através do que você leu e como aplicar em sua vida diária. 

3. O devocional não é feito apenas com a Bíblia. 

A Bíblia com certeza é o Livro fundamental de nossa caminhada cristã. Precisamos amá-la, conhecê-la e andar segundo seus ensinos. Porém, no seu tempo devocional você pode ler um livro com experiências de outros cristãos, relatos e experiências que fortalecem sua fé e comunhão com Deus. Normalmente esses livros fazem citações de versículos bíblicos e um comentário pessoal do autor sobre o tema.

4. O devocional não deve ser sua única fonte de alimento. 

Se eu fosse comparar diria que o devocional é como a sobremesa, aquele momento doce que aguardamos o dia inteiro por ele. Mas ninguém consegue viver só de sobremesas certo? 

Por esta razão seu tempo devocional, apesar de vital no seu relacionamento com Deus não pode ser sua única maneira de aproximar-se do Salvador. O Estudo bíblico é vital e te fará conhecer muito mais sobre Deus e o que Ele deseja de sua vida. 
Eu diria que se o devocional é a sobremesa o estudo bíblico deve ser seu almoço. Então deixe que ambos andem juntos e você experimentará crescimento forte e saudável em sua vida espiritual.  Você pode por exemplo escolher o versículo do seu devocional do dia e fazer um estudo bíblico mais completo dele em outra ocasião (pode ate fazer um mapeamento de versículo - clique aqui e saiba mais).

Espero ter conseguido te ajudar com a postagem de hoje para que você consiga incorporar momentos devocionais em sua vida cristã. Ficou alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários que ficarei feliz se puder te ajudar. 

Deus abençoe abundantemente seu dia!

Postagens relacionadas