quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Prática devocional em 2018


É sempre assim,quando o ano vai acabando começamos a projetar nossos planos para o ano que virá e dessa vez desejando que, vamos sim,  sermos melhores esposas, mães, amigas, e principalmente cristãs.

Mas não sabemos ao certo o que vai acontecendo no decorrer do ano vindouro que todo esse "ardor" espiritual que temos em dezembro vai se dissipando lentamente. Já não investimos em nosso casamento, fica difícil ser uma mãe sem estresse, não temos tempo para cultivar as verdadeiras amizades e não sabemos por que isso acontece. Eu te conto minha amiga, afinal isso acontece comigo também.

O grande ponto da questão toda é que neglicenciamos o que é mais importante: o nosso relacionamento com O nosso Pai de amor. Realmente para sermos pessoas melhores em todas as áreas de nossa vida precisamos estar mais perto do coração do nosso Salvador. E Ele é o primeiro que vamos negligenciando ao longo do ano.

A oração pode ser feita mais tarde (quando vamos deitar tão cansadas que mal conseguimos balbuciar poucas palavras), a leitura Bíblica fica para amanhã e assim vamos murchando, como um efeito dominó, em todas as outras áreas da vida.

Por isso vim aqui hoje te convidar para juntamente comigo, embarcarmos em uma prazerosa aventura de uma prática devocional constante. A primeira coisa que precisamos entender é que essa prática brota de um coração que deseja mais do seu Salvador. Que está cansada de andar apenas pela superfície espiritual. Um coração que sente a necessidade de limpar-se do pecado e encher-se da graça de Deus.

A prática devocional é um chamado do nosso coração sedento de intimidade com o Pai, sabendo que apenas bebendo de sua fonte conseguiremos fluir nas demais áreas de nossa vida.

Mas o que seria a prática devocional? É simplesmente minha amiga, passar mais tempo sentada aos pés de Jesus (Lc 10.39) Veja 5 maneiras de aquietar-se aos pés de Jesus
Não importa se o tempo que você dispõe são alguns minutos ou algumas horas, o que de verdade importa é que não negligenciemos esse tempo em nenhum dia de nossas vidas. Separe o melhor momento do seu dia e consagre-o ao Senhor (ainda acredito que as primeiras horas da manhã são as melhores, mas isso não é regra para você pode ser no final da tarde ou a noite), pegue sua Bíblia, seu caderno de notas e o que mais você achar necessário e simplesmente beba da presença do Mestre.

A única coisa que você e eu precisamos ficar atentas é não deixar que nossa prática devocional fique reduzida a uma mera rotina religiosa vazia, sabe, apenas mais um item em sua lista de afazeres que precisa ser cumprida para ser marcada como feita ao final do dia.

Deseje ardentemente estar com Jesus. Faça isso desfrutando dele com prazer e não por mera obrigação. É certo que alguns dias podemos comparecer diante dele tão frustradas e sobrecarregadas que nem sabemos como chegamos até Ele, mas minha amiga vou te confessar uma coisa, são exatamente nesses dias que mais somos cheias do amor e da ternura dEle.

Por isso te convido, vem comigo para uma vida de prática devocional em 2018?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.