quinta-feira, 23 de março de 2017

Marta, meu reflexo?


Leia Lucas 10.38-42

Olá amada, vamos continuar hoje aprendendo com nossa amiga Marta. Semana passada observamos algumas atitudes dessa amada que muitas vezes deixamos passar de forma desapercebida porém hoje vamos ver aqueles comportamentos que ela teve e que nós também temos e precisamos evitar.

1. Marta se deixa levar pelas agitações e demandas.

Que nunca!!! Se tem uma coisa que percebo ser comum entre nós mulheres é esse comportamento. Marta queria tanto agradar seus convidados que ficou sufocada com todos os preparativos e quando menos percebeu estava sentindo-se frustrada e arrasada e olhar para sua irmã sentada aos pés de Jesus quando deveria estar colocando a mesa para os convidados isso foi a gota d'água.

Temos vidas tão cheias de compromissos, nossa agenda é tão lotada que realmente quando menos se espera, estamos ali, sendo arrastadas pelas agitações da vida sendo empurradas de um lado para outro e ainda nos sentimos frustradas por ninguém estar nos ajudando.
Jesus não deseja que ajamos dessa forma. É claro que nossas agendas vão continuar "gritando" para nós sobre tudo que temos que fazer, mas cabe a nós reorganizarmos nossas prioridades para que não sejamos levadas pelas pressões e demandas do dia-a-dia.

2. Marta estava ocupada tentado trabalhar para Jesus e não com Jesus.

A cada dia nossa vida está repleta de distrações. É cada vez mais difícil para muitas mulheres ter um tempo tranquilo para elas mesmas e infelizmente muitas de nós temos dificuldade em tirarmos um tempo com Jesus e não apenas ter um tempo para Jesus.

Muitas mulheres encontram-se realmente como Marta, "agitada com muitos serviços" e incrivelmente muitos desses serviços incluem as atividades cristãs. Conheci, e conheço, várias mulheres que estão extremamente ocupadas sendo líderes do círculo de oração, professoras da EBD, secretárias da Igreja mas que tem um vazio enorme em seus corações pois não tem conseguido gastar tempo com o Deus da obra, apesar de passarem tanto tempo na obra de Deus.

Analise sua vida e seu relacionamento com Deus e, se preciso for, até renuncie algum cargo ou função na Igreja se isso vai proporcionar mais tempo para estar quieta aos pés de Jesus.

3. Marta quis dizer a Jesus o que fazer.

Talvez por Marta ser tão parecida com a maioria de nós, mulheres, eu gosto muito dela. Ao se deparar com a cena de sua irmã sentada aos pés de Cristo quando deveria estar ajudando na cozinha Marta não pensou duas vezes: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! " (Lc 10:40) Resumindo Marta estava dizendo como Jesus deveria agir.

Quantas e quantas vezes me vejo nessa mesma posição, diante de uma situação que necessito da ajuda de Jesus chego e digo: Senhor, preciso de Ti para resolver isso, faze assim e assim que tudo se resolverá. E só depois é que percebo que estou tentando dizer como Jesus deve agir
Devemos sim sermos transparentes com Jesus sobre aquilo que vai em nossos corações mas precisamos acima de tudo aprendermos a confiar que Ele sabe melhor que nós mesmas como e quando resolver nossas questões

Então é isso minha querida amiga, espero muito que você, como eu, tenha aprendido mais acerca dessa maravilhosa mulher que tem muito a nós ensinar.

Deixe aqui nos comentários se você também é mais parecida com Marta do que com Maria e o que tem feito para evitar os pontos fracos e evidenciar os fortes.

Fique com Deus e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.