quinta-feira, 16 de março de 2017

Marta, nós precisamos de você



Leia Lucas 10.38-42

Certamente você já ouviu este relato bíblico por muitas vezes, talvez já tenha lido por conta própria dezenas de vezes, mas o que acontece na maioria das vezes quando lemos ou ouvimos a cerca da história de Marta e Maria é enaltecermos Maria pela sua postura e condenarmos Marta.
Mas o que deixamos passar é que a nossa agitada e querida amiga Marta pode nos inspirar e ensinar preciosas lições. Quero destacar alguns pontos em relação a nossa amiga e que são extremamente importantes para nossos dias, hoje.

1. Marta era hospitaleira. Não sei você mas eu não me considero uma boa hospitaleira. A questão não é que eu não goste de receber é que geralmente fico tão estressada tentando servir quem irei receber que simplesmente não consigo desfrutar da presença da visita e realmente só consigo respirar aliviada quando vão embora. Posso dizer que tenho melhorado nesse aspecto no decorrer dos anos mas certamente eu teria ficado no mínimo, petrificada com a possibilidade de ver Jesus sentado em minha sala, com seus "doze" amigos! Estamos falando do Senhor dos Senhores, do Rei dos Reis Certamente Jesus sabia que podia contar com a hospitalidade de Marta e chegar por ali sem avisar e ter a certeza de ser bem recebido.

2. Marta era uma excelente administradora do lar. Apesar de nossa amiga ter ficado um tanto agitada com tudo que havia para ser feito, considere que realmente não era fácil preparar uma refeição para pelo menos dezesseis pessoas😱. Isso sem fogão a gás, panela elétrica de pressão e claro "air fryer" e nada de Delivery. Gente é muita pressão! Mas ela não hesitou, não deu uma desculpa para que Jesus voltasse outro dia.

3. Ela tinha intimidade com Jesus. Apesar do comportamento de Marta estar precisando de alguns ajuste (e o de quem não está?) ela era uma mulher que tinha intimidade com Jesus. Somente alguém que tem intimidade com o Mestre poderia dizer-lhe exatamente como estava se sentindo. Quantas vezes, nós mesmas não sentimos dificuldades para expressar com inteireza para Jesus o que está nos aborrecendo, falamos com Ele como que está pisando em ovos. Marta não. Ela disse exatamente como esta se sentindo naquele momento, ela foi direto a fonte que poderia lhe trazer algum alívio.

Então minha amada, certamente temos lições preciosas a aprender com nossa querida Marta e certamente sabemos que o nosso tempo precisa de mulheres como Marta. Mulheres que agem, que organizam, que coordenam, que são hospitaleiras, excelentes administradoras e acima de tudo que tenham intimidade com o Messias.

Próxima quinta vamos observar 3 comportamentos de Marta que precisamos aprender para evitar e assim aproveitarmos ao máximo todas as lições dessa preciosa mulher de Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.