5 maneiras de amar que vão impactar seu casamento

maneiras de amar

Sabe aquela frase que venho repetindo aqui ao longo dos anos no Blog? Pois então, vou repeti-la mais uma vez: amar é decisão, não sentimento. 

E no casamento precisamos lembrar desta verdade diariamente para que possamos todos os dias investir em nosso relacionamento e fazer com que ele esteja cada dia mais forte, independente do tempo que tenha passado. É possível manter a chama do amor acessa em seu casamento quer você seja casada a dez dias, dez meses ou dez anos, o tempo na verdade pode contar muito a favor do seu casamento, pois com o tempo vem a maturidade, vem o conhecer melhor o outro e a sabedoria para atravessar os momentos difíceis.

Para que você continue a demonstrar seu amor ao seu cônjuge observe estas 5 maneiras de amar e pratique-as em seu casamento diariamente.

1. Ame apesar das sua emoções.

Se você que está lendo esta postagem é uma mulher, como eu, sabe que nossa emoções podem mudar muito durante um mês. Temos momentos de altos e baixos, de calmaria e fúria e quem costuma ser mais atingido por isso é o esposo. Os homens por outro lado podem deixar que as emoções de um dia difícil no trabalho venham interferir na maneira como ele trata a esposa. 

O que eu quero que você mantenha em mente é, não confie em suas emoções para amar seu cônjuge. Continue amando e tratando com respeito não importa como suas emoções estarão no momento.

2. Ame com palavras.

Outra coisas que os casais passam a "esquecer" após o casamento é demonstrar seu amor com palavras. Quanto tempo faz que você não diz eu te amo? Como você está bonita? Como aprecio a maneira que você cuida de nós?

Seu cônjuge sabe que é amado/a por você, mas isso não tira sua responsabilidade de declarar esse amor de tempos em tempos.

3. Ame com bondade.

A bondade é o amor em ação. Você precisa aprender a exercitar a bondade no seu casamento todos os dias, mesmo quando não se sentir motivada/o a isso ou até mesmo quando acreditar que o outro não merece sua bondade. Acredite quando a bondade entra em ação é possível até discordar sem que o outro sinta-se ofendido/a.

4. Ame com atos (1 Jo 3.18)

Da mesma maneira que amar com palavras é importante, amar com atos é ainda mais. Sabe por quê? Porque é possível usar palavras para declara que ama e os atos não corresponderem as palavras. Por isso lembre-se suas ações sempre terão um peso aliado a suas palavras, suas ações na verdade vem validar o amor que você declara. Ame com cortesia, com bondade, com respeito, com gentileza etc.

5. Ame apesar da irritações.

Quem disse que seu cônjuge não iria irritar você ao longo dos anos ( e claro que você também o/a irritaria)? A nossa natureza pecaminosa com certeza nos torna difíceis de mar em alguns dias, mas o verdadeiro amor ama apesar das irritações.

Como isso é possível? Bom primeiramente dependendo da ajuda de Deus, Ele pode conduzir seu coração em amor mesmo quando seu irritante cônjuge estiver em ação. E depois tentando compreender o que está acontecendo como o outro. Por exemplo, sua esposa pode estar irritada porque teve um dia difícil no trabalho ou com as crianças. Seu marido pode estar irritado pela pressão de um dia no trabalho e necessitando de um tempo sozinho (os homens processam melhor as coisas quando estão quietos). Então seja você ou seu cônjuge a estar vivendo um momento de irritação, não desconte no outro e continue amando.

Espero muito que essa matéria tenha ajudado você a perceber que apenas sendo mais atentos ao amor, você e seu cônjuge podem melhorar e muito o casamento de vocês.

Qual dessas maneiras de amar parece mais desafiadora para você? deixe para mim nos comentário que vou apreciar muito saber o que você pensa.

Comentários

Postagens relacionadas