terça-feira, 17 de março de 2020

Pare e renove seu casamento


Trabalho com casais a mais de 15 anos para observar certos padrões de comportamento que se repetem nos casais que estão enfrentando algum tipo de crise ou tensão. E sabe o que me deixa mais perplexa? Não é o padrão em si, mas a resistência de um ou de ambos os cônjuges a desistirem do comportamento que está levando seu casamento ao fracasso.

Por isso vim aqui deixar este alerta para te fazer refletir sobre atitudes que estão prejudicando seu casamento.

É hora de parar!

Sei que existem os mais diversos comportamentos que podem levar um casamento ao fracasso, alguns já foram abordados aqui no Blog outros ainda serão, porém nosso foco hoje é falar sobre deixar as desculpas e começar a tomar outro rumo.
Este é no mínimo, um comportamento infantil assumido por muitos casais quando buscam melhorar seus casamento, mas não querem muito fazer alguma coisa.

Vou listar alguns erros que você pode estar cometendo e que é preciso parar agora antes que coloque tudo a perder.

1. Cansei de sempre ter a iniciativa!

Para esta afirmação eu pergunto: quanto seu casamento importa para você? Esta é a verdadeira questão. Quando nos importamos com algo não importa o quanto temos que investir, sempre vamos continuar a investir pois aquilo importa para nós. Pense comigo, quando você almeja uma promoção no trabalho, o que faz? Começa a investir certo?!
Busca cursos de aprimoramento, dedica-se ao máximo durante o expediente e até além dele, enfim você toma a iniciativa e segue em frente.
Esta atitude deve ser repetida em seu casamento. Se o seu casamento é importante para você será instintivamente natural tentar melhorá-lo, buscar aprender sobre o assunto e colocar em prática o que aprendeu.

2. Não acho justo, só eu tenho que agradar!

É fato que um casamento é via de mão dupla, ambos devem estar comprometidos em se doar.
O que acontece é que muitos casais não percebem que o cônjuge vem de uma família onde algumas práticas não eram naturais, por exemplo: dar abraços, diálogo aberto, troca de afirmações positivas, incentivos, elogios, trocar presentes etc.
Sendo assim esse costume será mantido no casamento e outro cônjuge que foi acostumado com tudo isso vai começar a se sentir frustrado quando fizer e não receber de volta.

Porém se você deseja ter um casamento próspero é preciso que alguém comece a incentivar o outro a ter esses comportamentos que são saudáveis para o relacionamento. E se esse alguém tem que ser você, por que não fazer?

3. Se ele/ela não mudar não mudo!

Em alguns casos eu chego a rir por dentro (para não deixar o casal ainda mais irritado rsrsrs) com esse tipo de afirmação. É algo que poderia facilmente ser dito por uma criança birrenta não acha?

Eu volto a afirmar que sim, é necessário que ambos estejam envolvidos no processo de mudança, mas se você no momento é a cabeça pensante no casamento, por que ficar de birra e não decidir que vai mudar, vai investir no seu casamento e irá colher os frutos?!

Estes são apenas alguns fatos que mostram o quanto seu comportamento pode estar contribuindo para o fracasso do seu casamento.

Olhe agora para si mesmo e pergunte:

O quanto meu casamento é importante para mim?

Tenho certeza que após essa pergunta você estrá pronto(a) para começar a agir e mudar a direção das coisas.

Agora me conte nos cometários o que acha desse padrão de comportamento? Vou aguardar sua resposta.




2 comentários:

  1. Confesso que realmente é algo difícil dar o primeiro passo!!!Mais deixar o orgulho de lado é sempre a melhor escolha para o.ponto de partida!!!!
    Deus abençoe você amada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amad, o orgulho nos impede de avançar em direção ao melhor de Deus 💕 Obrigada pelo carinho. Deus abençoe!

      Excluir

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas