terça-feira, 21 de maio de 2019

Quando estar sempre certo não é bom para o seu casamento


Nascemos em um mundo que nos condiciona a defender o nosso ponto de vista, temos a impressão que as pessoas que assim não fazem são fracas ou no mínimo omissas. Quando crianças queríamos ter a palavra final sobre o que iríamos assistir, batíamos o pé para escolher a sobremesa e sabíamos que precisamos agir assim para defender nosso pedaço de bolo. 

E quando crescemos as coisas não ficam diferentes, pelo contrário, elas elavam o nível pois na “terra” dos adultos é preciso defender e muito seu ponto de vista se não quiser ser passado para trás. 

O que quero trazer para você aqui hoje, não é te fazer parar de ter sua opinião própria ou dar sua opinião sobre questões relevantes na vida e nos relacionamentos. O que desejo te levar a refletir é que existe uma maneira de fazer isso sem querer estar sempre certo, principalmente dentro do casamento. 
Esse mal hábito de querer estar sempre certo tem literalmente acabado com muitos casamentos ao longo do tempo e por outro lado vemos muitos casais querendo quebrar este padrão, mas sem saber ao certo como fazê-lo incorrem no erro de dizer a célebre frase: 

Você está certo, mas... 

Quando se está debatendo uma questão com o cônjuge e afirma que ele está certo, porém coloca uma condicional após a frase, na verdade está dizendo ao outro: “Você pode até pensar que seu caminho ou solução é a melhor, mas eu é que sei como fazer isso funcionar.” 

Esta necessidade de querer ter sempre razão e a palavra final sobre um assunto vem na verdade de uma fragilidade humana de temer ser inferior ou de ser rejeitado. A impressão que muitos homens e mulheres tem em seus casamentos é que se deixarem a opinião do outro prevalecer eles serão esmagados e controlados pelo outro, o que não é verdade. 
Você não precisa ter sempre razão em tudo e suas soluções não são sempre as melhores. Saber aceitar e respeitar uma visão diferente está longe de ser sinal de fraqueza, mas sim um ato de autoconfiança e compreensão pela visão do outro.

O seu casamento irá lucrar muito mais quando você e seu cônjuge aprenderem a deixar de lado o estar sempre certo e aprenderem a respeitar e aceitar a opinião do outro (mais uma vez quero deixar claro que este assunto não se aplica a todas as questões, existem situações onde verdadeiramente não podemos abrir mão do nosso ponto de vista como por exemplo qualquer coisa que nosso cônjuge deseje fazer que desrespeite a nossa fé e o que nosso Deus nos ensina). 

Então vou deixar aqui algumas sugestões para que você possa começar a praticar em seu casamento para treinar o dar ouvidos a opinião do outro sem acrescentar o “mas”.

Dê passinhos de bebê. Se você tem por hábito contrariar todas as opiniões do seu cônjuge e sempre fazer valer o seu ponto de vista, acredite isso não vai mudar de um dia para o outro. Ou seja, comece aos poucos a exercitar o controle em não acrescentar o mas a cada opinião diferente da sua que seu cônjuge tiver. Quando surgir uma questão tente dizer: “Interessante seu ponto de vista.” ou “Não tinha pensado dessa maneira ainda.” E pronto. Pare por aí. Não acrescente o mas. 

Saiba que ter opiniões diferentes sobre um assunto é saudável. Quando duas pessoas se unem para resolver uma questão é enriquecedor perceber como pontos de vista diferentes sobre uma mesma situação podem ajudar muito a solucionar uma questão ou um conflito. Isso não significa que a posição do outro é a certa, todavia que também traz benefícios e que o mais importante do que ter a sua opinião como voto final é ter a questão solucionada.

Demonstre sua autoconfiança e compaixão. Quando começar a “render” sua posição de sempre certo começará a perceber quão autoconfiante isso lhe torna pois você manda uma mensagem para si mesmo e para o outro que mesmo que a decisão final não seja a que escolheu, você está feliz em deixar que a contribuição do outro possa solucionar o problema e é isso que realmente importa. Isto também demonstra compaixão e respeito pelos pensamentos e sentimentos do outro. 

Espero que esta postagem possa de alguma maneira abrir seu coração para uma vida mais leve e um casamento mais cheio de paz pois o princípio do estar sempre certo foi deixado de lado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas