terça-feira, 9 de abril de 2019

4 T's para resolução de conflitos no casamento


Quem nunca teve um conflito no casamento atire a primeira pedra. O relacionamento conjugal sempre será permeado por momentos onde marido e mulher irão em algum momento discordar de algo ou ter alguma dificuldade para se ajustarem entre si. Mas fique calma, isso é normal e saudável para o casamento. 

A questão que realmente importa é saber como atravessar esses momentos de conflito saindo mais fortalecidos como casal e não magoados e frustrados. Para que isto aconteça eu te convido a partir de hoje dar atenção aos 4 t’s para te ajudar a solucionar os conflitos, são eles: tom, tópico, tempo e tarefa. Vou te explicar por que eles são importantes e como podem te ajudar, preparada? 

Tom – o primeiro T está relacionado a maneira como estamos comunicando um assunto. A maior parte dos desentendimentos entre os casais surge quando os cônjuges não sabem usar o tom de voz adequado para transmitir seu ponto de vista. Quando se está chateada ou com raiva provavelmente o tom de voz vai claramente expressar isto na hora da conversa.  

Então o que fazer? 

Busque sempre usar um tom de voz tranquilo e amigável não importa o assunto que deseja tratar com seu cônjuge e claro evite conversar quando os níveis de raiva e frustração estiverem grandes, prefira acalmar-se primeiro e retomar a conversa depois. 

Tópico - o segundo T vem ensinar que precisamos estar bem conscientes sobre o real motivo do que desejamos tratar com o outro. Muitos casais se perdem na hora de resolver um conflito pois não são específicos quanto ao problema em questão sendo genéricos, buscando colocar outros problemas na mesma questão ou pior ainda fazendo do outro o problema.  

Então o que fazer? 

Diga exatamente sobre o que deseja conversar ou o que está lhe incomodando, evite usar frases que transfiram a culpa do problema em questão para o outro. 

Tempo – o terceiro T também precisa de atenção pois se não soubermos o tempo adequado para se conversar sobre um problema estaremos na verdade criando outro. Nem toda hora é hora para falar sobre um problema, muitas mulheres ficam só esperando o esposo colocar os pés em casa para derramar sobre ele uma enxurrada de problemas que lhe foram impostos durante o dia. Isso é um erro. 

Então o que fazer? 

Não despeje um problema sobre seu cônjuge assim que tiver vontade. Diga que existe algo lhe incomodando e que gostaria de saber qual seria um bom momento para conversarem sobre o assunto. E respeite a resposta do outro. 

Tarefa – O quarto e último T nos ensina que precisamos buscar uma solução para eliminar a causa do problema. Não vai adiantar chamar seu cônjuge para uma conversa, escolher o tom de voz adequado, definir bem sobre o que está lhe incomodando, escolher a melhor hora de falar e então simplesmente falar o que está incomodando e pronto. Fim da questão. Um problema só deixará de existir quando procuramos meios para removê-lo ou solucioná-lo. 

Então o que fazer? 

Quando conversar com seu cônjuge sobre um problema busquem, juntos, o melhor caminho para resolver a questão. Não desistam de conversar sobre algo até que a solução venha, mesmo que ela não apareça na primeira conversa, decidam retornar ao assunto em outra oportunidade enquanto pensam em maneiras para solucionar a questão. 

Espero que estes quatro passos possam lhe ajudar de hoje em diante na hora de resolver conflitos em seu casamento. Que Deus abençoe abundantemente sua vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas