terça-feira, 17 de julho de 2018

Chegou a hora da inspeção


Normalmente, pelo menos é o que deveria ser feito, quando se vai comprar um imóvel que não é novo é necessário ser feita uma inspeção no mesmo para garantir que a compra será segura e justa. Uma casa antiga pode esconder problemas que apenas uma boa inspeção pode detectar. Um telhado com vigas podres não é visto olhando a casa pelo lado de fora e muito menos pelo lado de dentro. É preciso subir ao sótão para verificar a estrutura pois pelo lado de fora as telhas cobrem as vigas e por dentro o forro também as oculta. Outros problemas devem ser investigados como danos a estrutura, rachaduras, infestações de cupim, infiltrações enfim uma lista de coisa entra na lista de uma boa inspeção. 

Agora quero te fazer uma pergunta: quanto tempo faz que você e seu cônjuge fizeram uma boa inspeção no casamento? 

Muitos problemas que levam ao divórcio poderiam ser evitados se os casais se preocupassem em fazer uma inspeção em seu relacionamento no mínimo uma vez por ano.  Não é possível fazer isso de forma rápida dando apenas uma olhadinha de longe, é preciso ir a fundo para verificar se existe algum problema comprometendo a estrutura do casamento.

Quero compartilhar aqui 3 áreas que vocês devem inspecionar para que possam consertá-las antes que elas afetem a estrutura do seu casamento. 

1. Interferências nocivas. Quem vocês têm permitido entrar em sua casa? As influências nocivas ao casamento vão surgindo de onde menos esperamos e muitas vezes não as identificamos como negativas.  Internet, TV e até o excesso de trabalho podem facilmente começar a interferir no seu casamento roubando o tempo que deveriam dedicar um ao outro e até mesmo trazendo comportamentos não saudáveis para dentro do relacionamento. 

2. Convivências não saudáveis. Nem todas as pessoas que fazem parte da nossa rotina diária são pessoas que estão pensando no bem do seu casamento. Muitas das “amigas” da vizinhança não têm boas experiências com seus próprios casamentos e podem querer minar o seu. Nem todo “colega” de trabalho é perito em conselhos sobre como tratar sua esposa. É preciso que você blinde o seu casamento das pessoas que de alguma maneira estão trazendo ou podem trazer riscos a ele. 

3. Os parasitas. Você já observou o estrago provocado por cupins? Na maioria das vezes eles aparecem sem ser notados e vão sugando toda a estrutura da madeira até que sejam vistos; e na maioria das vezes quando são descobertos o estrago já foi grande ou é perca total. Assim como os cupins muitas coisas podem se infiltrar em seu casamento e começar a miná-lo sem que vocês percebam. Problemas não resolvidos, companhias inadequadas, vícios, são apenas alguns exemplos de parasitas que podem destruir a estrutura do seu casamento. 

Essas são apenas algumas áreas por onde vocês devem começar a inspeção, muitas outras questões podem ir surgindo à medida que se esforçam como um time para blindar e proteger a estrutura do casamento fazendo-o cada vez mais forte e resistente as intempéries da vida. 

Em Cristo, Susi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas