terça-feira, 6 de março de 2018

Cuidado com o pânico alheio


Existem algumas situações que realmente me chamam a atenção e certamente a sua também. Já observou como basta ver uma pessoa olhando demoradamente para o céu e logo outras pessoas irão começar a dar um olhadinha também? É quase uma reação em cadeia.

Lembro-me de uma situação que aconteceu comigo quando eu estava na quinta série (hoje sexto ano) estávamos em meio a uma aula de inglês quando de repente um som que começou baixinho na rua, do lado de fora do colégio, foi ficando cada vez mais alto. Todos nós, os alunos, olhamos em direção ao professor para ver qual seria sua reação. Ele, para brincar com a turma, fez menção de que iria levantar-se e correr como quem está assustado e para surpresa dele mais da metade da sala levantou e correu em direção a porta saindo da sala em polvorosa. Ninguém sabia o que realmente era, foram todos influenciados pelo "pânico" do professor.

Confesso que não corri,  não porque não estivesse intrigada com o som, mas pelo fato de sentar em frente a  mesa do professor, percebi que ele não iria correr. Então fiquei. Depois que todos os alunos foram devidamente trazidos de volta a sala, ele explicou que o barulho não passava de uma carroça puxando vergalhões de ferro de construção que estavam raspando no asfalto e produzindo aquele som diferente.

Mas e o que isso tem haver com casamento?

Eu te contei esse fato para te fazer ficar atenta com o pânico alheio. Veja bem, muitas vezes o seu casamento vai enfrentar situações difíceis e certamente algumas pessoas podem chegar a você para te trazer causar pânico.
São pessoas que estão apenas focadas nos obstáculos e dificuldades do caminho, pessoas que muitas vezes nem são casadas, mas vivem espalhando pânico aos casais sobre relatos de casamentos que não deram certo.

Não importa o tamanho do obstáculo que está diante de você no seu casamento, eles podem ser representados pela luta pela libertação do seu esposo do álcool, do jogo, da pornografia enfim são muitos os gigantes que podem estar tentando colocar medo e causar pânico em seu coração. Não creia neles.
Deus é muito maior e mais forte e pode trazer vitória para o seu lar.

Lembra o fato que aconteceu comigo, eu não corri pois estava próxima demais do professor para perceber que não deveria correr, é exatamente assim que devemos estar com deus. quando estamos próximas, bem próximas dEle é impossível correr com o pânico alheio.

É claro que cada uma dessas situações  que mencionei acima sobre o casamento devem ser tradadas de alguma forma e muitas vezes a ajuda de um profissional é necessária, mas isso não significa que não há saída ou solução. Confie sua vida e seu casamento nas mãos do Senhor e permita que Ele mesmo comece a conduzir seu casamento para longe do pânico alheio e lhe mostre o caminho da verdade que está em Cristo.

Com carinho, Susi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas