terça-feira, 6 de dezembro de 2016

5 sinais de um casamento tóxico


Infelizmente recebo inúmeros e-mail quase diariamente de pessoas pedindo orações e aconselhamento por um casamento que na verdade é tóxico.

Não que não devamos acreditar que o casamento pode mudar, que sua relação com seu cônjuge pode ser diferente, sim isso é possível, mas dificilmente acontecerá algo se você estiver lidando com uma pessoa tóxica.

Pessoas tóxicas produzem relacionamentos tóxicos. As pessoas tóxicas exalam coisas ruins e se satisfazem enquanto não afetarem negativamente a vida de alguém.

No casamento isso se torna algo muito ruim e até mesmo grave dependendo do grau de toxidade da pessoa. Mas como saber se seu o seu casamento é tóxico?

Pesquisei sobre o assunto e encontrei algumas características comuns quando se fala de casamentos tóxicos, vejamos:

1. Sentir-se melhor quando o cônjuge está ausente. Casamento é parceria e por mais que tenhamos
vidas agitadas sempre vamos desejar em algum momento do dia estar próximos ao nosso marido ou esposa mesmo que seja para apreciarmos algo na TV ou desfrutarmos de um café tranquilo na varanda. porém quando se vive um casamento tóxico a última coisa que se deseja é estar próximo ao cônjuge, tudo que mais se deseja é que ele ou ela sai de casa e demore o máximo para voltar.

2. O desrespeito está sempre presente. Nenhum relacionamento floresce se há falta de respeito e no casamento isso é ainda mais necessário. Se o seu cônjuge lhe insulta, trata com grosseria, é infiel e lhe desvaloriza este é um sinal de um casamento tóxico.

3. Excesso de críticas. Ninguém é perfeito, isso todos nós sabemos. Cada ser humano sempre terá pontos fortes e fracos em sua vida. Mas se em seu casamento tudo que seu cônjuge faz é reclamar de tudo, acha e diz que você nunca faz nada certo e faz piadas sobre você na frente de familiares e amigos, o casamento de vocês está totalmente contaminado.

4. O comportamento de vítima está sempre presente. Em um casamento tóxico o cônjuge vai estar sempre transferindo a culpa dos problemas do casal para o outro e sempre assumindo o papel de vítima. Nunca assume seus próprios erros e faz questão de assumir a posição de coitadinho(a) em cada situação chegando a fazer com que você sinta-se culpada (o) pelos erros do outro.

5. Violência. A violência pode se apresentar de várias formas no casamento, desde a violência física propriamente dita como também a violência emocional e psicológica que muitas vezes é difícil de ser identificada. Se o seu cônjuge lhe ameça caso você peça o divórcio, lhe rebaixa fisicamente em público ou em particular saiba que o seu casamento chegou a um ponto em se tornou extremamente necessário um pedido de ajuda externa para sair dessa relação. Nenhum casamento pode ser construído sobre ameças de qualquer ordem. Se isto acontece no seu casamento busque ajuda o quanto antes pois isso poderá tornar-se mais perigoso.

Espero profundamente que nenhum desses sinais estejam presentes em seu casamento mas se identificou algum desses comportamentos em seu relacionamento aconselho que busque ajuda de um(a) terapeuta de casais para analisar cuidadosamente sua situação.

Se desejar entrar em contato para aconselhamento ou pedido de oração contate-nos através do formulário do Blog ou diretamente pelo e-mail ministerioenlace@hotmail.com.br

Fique na Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.