quarta-feira, 13 de abril de 2016

Tratamento do silêncio - Devocional para casais


"O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha." 1 Coríntios 13:4

Você já recorreu ao "tratamento do silêncio" após uma discussão com o seu cônjuge?
O que muitas vezes os casais não percebem é que este tipo de tratamento é abusivo, desrespeitoso e não ajudará a trazer solução a qualquer problema.

Todos nós precisamos de um tempo em silêncio, principalmente quando há uma discussão com o cônjuge se desenrolando. Muitas vezes a alternativa mais sábia é ficar em silêncio e afastar-se para que os ânimos se acalmem.

Porém esta atitude em nada é comparada ao "tratamento do silêncio" que é usado para punir ou manipular o cônjuge em alguma situação.
A Bíblia diz que o amor é bondoso, escolher ignorar seu cônjuge após uma discussão ou porque as coisas não estão sendo feitas da maneira que gostaria não é uma atitude bondosa.

O tratamento do silêncio é abusivo e demonstra total falta de respeito e consideração para com seu cônjuge.

Da próxima vez que for tentado(a) a usar o tratamento do silêncio lembre-se que esta não é uma atitude saudável para o seu casamento. Escolha ao invés disto expressar seus sentimentos de forma respeitosa, algo do tipo: "estou muito chateado(a) no momento preciso de um tempo para pensar sozinho(a), mas logo voltaremos a conversar."

Esta é uma atitude que promove a paz e a perspectiva de uma solução para o problema que estão enfrentando além de comunicar ao seu cônjuge que apesar de estar chateado(a) você a(o) respeita.

Que atitude você pretende tomar da próxima vez que for tentado(a) a usar o tratamento do silêncio com seu cônjuge?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.