terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Seja Sensível


Essa expressão parece coisa exclusiva para mulheres mas é ai que está o engano. No casamento amobos, marido e mulher, precisam de sensibilidade em relação ou outro.

Em muitas situações precisamos estar sensíveis ao nosso cônjuge para que não o machuquemos desnecessariamente em um momento em que ele ou ela está vulnerável, seja por um dia exaustivo de trabalho, seja por mudanças hormonais ou simplesmente um dia em que não se está muito bem.

A falta desta sensibilidade pode ferir profundamente e desnecessariamente seu cônjuge.
Em momentos em que seu cônjuge parece fechado, aborrecido ou triste mostre empatia ( a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.) e tente ser sensível a ele/ela.

Às vezes uma conversa pode ajudar a entender o que o outro está atravessando em outras basta apenas dar um pouco de espaço e tempo para que seu cônjuge se recupere emocionalmente de um dia ruim. Mas não ignore a situação, ore.

Peça a Deus que conhece o mais íntimo do nosso ser para visitar o coração do su cônjuge e remover qualquer coisa que o(a) esteja incomodando. Peça ainda para que Ele lhe mostre o que você pode fazer nesta situação.

Um casamento saudável passa pela vida de cônjuges sensíveis um ao outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.