quarta-feira, 11 de março de 2015

Agora somos três - aprendendo a lidar com a chegada do bebê

De repente seu casamento vai receber a chegada de um novo membro. Vocês serão pais!
Durante a gravidez um misto de inseguranças e sentimentos maravilhosos vão aflorando na vida do casal que agora se prepara para receber uma terceira pessoa no relacionamento que antes era a dois.
Muitos casais temem a chegada do bebê como algo que irá ameaçar seu relacionamento conjugal, mas não precisa ser assim.
Para evitar que o bebê crie um distanciamento entre o casal vale observar estes dez conselhos do conferencista Rob Parson:

1. "A melhor coisa que o pai e a mãe podem fazer pelo filho é amar um ao outro." Dr. Benjamim Salk, psicólogo da família

2. Dê muito amor ao seu filho, mas não esqueça de preservar sua privacidade. Às vezes o casal pode permitir que o bebê durma na cama com eles, mas tem de tomar cuidado para isto não virar rotina. É bom que a criança passe a dormir em quarto separado o mais cedo possível.


3. Procurem conversar sobre outros assuntos além dos relacionados ao bebê.

4. Esteja consciente que é muito fácil para o pai se sentir excluído e inútil.


5. O casal deve sempre procurar dividir as tarefas, mesmo que isto comprometa a perfeição. Se, por exemplo, o pai não coloca a fralda direitinho, isso não será nenhuma tragédia.


6. Reconheça o quanto as mulheres, em sua maioria, se cansam fisicamente ao cuidar de um bebê.

7. Se, por algum tempo, o sexo não estiver sendo encarado como prioridade, não confunda isso com rejeição. Tente mostrar intimidade de outras maneiras.


8. Não perca contato com os amigos.

9. Quando alguém se oferecer para cuidar de seu filho por algumas horas, não recuse. Alguns pais não permitem que seus filhos fiquem com ninguém.

10. Quando o filho estiver na escola, ensine-o a ser moderado. não exija que ele faça muitas atividades extracurriculares. Do contrário tanto o filho como os pais ficarão exaustos rapidamente. pergunte a si mesmo se é realmente importante que uma criança de seis anos faça balé, natação e toque três instrumentos musicais.

Os filhos não devem ser motivo de distanciamento entre os cônjuges. E lembrem-se os filhos nascem e estão sendo preparados para o dia em que irão embora construir suas próprias famílias. Dediquem a ele tudo que puderem, mas não construam suas vidas em torno deles.

Como você lida (ou lidou) com a chegada dos filhos?

Compartilhe comigo suas experiências. Fique com Deus e até amanhã! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.