quinta-feira, 22 de junho de 2017

Desafios para manter uma vida de oração


Eu ainda luto com minha vida de oração.

Esta pode parecer uma declaração espantosa já que a oração na vida do cristão deveria ser tão natural quanto o respirar. Deveria. Mas não é. Pelo menos não para mim.
Veja bem, não estou dizendo que não oro, isso jamais! Na verdade seria impossível viver sem orar. O que eu quero dizer é manter a regularidade em períodos frequentes e serenos na presença do Pai.
Não é algo fácil de admitir mas acredito que não estou nesta situação sozinha e que compartilhando-a posso ajudar alguém, talvez até mesmo você que está lendo esta postagem e encontra-se como eu: desejosa por uma vida de oração mais significativa e lutando para conseguir não apenas começar mas continuar.

Acredito que continuar é mais difícil do que começar.

Muitas de nós nos sentimos motivadas a começar algo novo, iniciar ou reiniciarmos um projeto de forma diferente e mais eficaz, compramos um novo caderno de oração, passamos na papelaria e enchemos nossa sacola com post its coloridos, lápis especiais, marcadores de texto e assim por diante. Muitas vezes até compramos uma Bíblia nova! Chegamos em casa animadas para começar nosso projeto de ter uma vida de oração.
Escolhemos um canto da casa organizamos minunciosamente nosso arsenal comprado recentemente e .... não sabemos como começar, não sabemos por onde começar ou simplesmente começamos mas depois de alguns dias o cantinho não passa de um lugar esquecido e todas as coisas que compramos parecem tornar-se sem graça e sem brilho como pareciam ter quando a adquirimos.

Sim minha amiga, conheço esse caminho. Já travei esta batalha muitas e muitas vezes. Começar e parar, começar e parar, começar e parar....

Mas a cada dia percebo que Deus não está desapontado comigo (nem com você) por todas estas tentativas e falhas, sinto fortemente Ele me encorajando a recomeçar sim, quantas vezes forem necessárias até que eu consiga desenvolver nosso relacionamento de maneira mais natural sem legalismos. Ah, o legalismo...

Sem perceber acabamos tornando nosso relacionamento com Deus, principalmente nossos momentos de oração como mais uma atividade a ser cumprida e riscada da nossa lista de tarefas por fazer. Não querida amiga, não é isso que Deus espera de nós e tenho certeza que não é isso que desejamos.

E nessa batalha essencial na vida cristã quero dividir com vocês alguns hábitos que estão me ajudando a melhorar minha vida de oração, mas vou deixar para a próxima Quinta para que esta postagem não fique muito longa.

Então vamos marcar um encontro aqui, próxima Quinta, para juntas caminharmos aprendendo sobre como melhorar nossa vida de intimidade com Deus através da oração.

E claro antes de ir embora deixe aqui nos comentários como é sua vida de oração, você também enfrenta lutas para perseverar? Manter sua vida de oração é fácil ou difícil para você? Vou aguardar ansiosa seu comentário.
Em Cristo,
Susi     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.