terça-feira, 21 de junho de 2016

Casamento é para vida


Todos nós desde cedo quando ouvimos falar sobre os famosos votos de casamento sabemos que eles terminam com a celebre frase: "até que a morte os separe".

E sim, o casamento projetado por Deus é para durar e durar até que a morte os separe.

Agora vamos voltar as nossas aulas de língua portuguesa e lembrar qual o antônimo de morte? Se você respondeu vida, acertou. Nesse momento você deve estar se perguntando o que os votos de casamento e a aula de português tem haver com meu casamento?

Simples, e eu te ajudo a entender. Se o casamento é para durar até que a morte separe, enquanto a morte não chegar para um dos cônjuges, o casamento deve expressar vida. Vou repetir, seu casamento precisa expressar VIDA!

Como conselheira de casais, estou  me deparando vez ou outra com casamentos que apesar de ainda possuir os dois cônjuges com vida trazem uma sensação de que um ou ambos estão mortos. Permanecem casados, mas o casamento é apenas uma capa, uma fachada, uma aparência.
Quando isso acontece, na maioria dos casos, é como se um dos cônjuges considerasse que o outro está morto. E esse tipo de atitude vai literalmente matando o casamento, mesmo com marido e mulher vivos. A morte do relacionamento chega e os separa até que a separação se consume ainda em vida.

Não sei qual a atual situação do seu casamento hoje, se ele tem expressado vida por onde passa, ou se a situação está indicando mais para o caminho da morte, o que eu desejo lhe informar é que há como trazer vida para o seu casamento não importa como ele se encontre.

Então o que você pode fazer para trazer vida ao seu casamento? Vejamos algumas atitudes que se implantadas podem fazer com que seu casamento comece a refletir a ideia original de Deus para ele.

Resgate a apreciação. Acho que você já ouviu que casar é fácil, difícil é permanecer casado. Pois é, e sabe por quê? Porque após o casamento esquecemos algo que era natural enquanto namorávamos: a apreciação. Com o rotina diária, as agendas lotadas, o cuidado em manter as finanças em equilíbrio, os filhos e etc, o casal começa a esquecer de apreciar, e demonstrar apreciação pelo seu cônjuge. Na verdade a apreciação vai dando lugar a crítica e as falhas do outro e acredite isso é trazer morte para seu casamento. Hoje escolha não mais criticar seu cônjuge por qualquer coisa que seja e vá além, faça uma lista com as qualidades e virtudes que ele/ela possui e escolha formas de demonstrar apreciação por isso. Seja através de uma mensagem carinhosa via celular, um bilhetinho deixado sobre a mesa do café ou simplesmente diga em alto e bom som: eu aprecio muito você por....

Mantenham o bom humor. Casais que riem juntos são menos propensos a brigar. Por que escolher fazer uma tempestade em copo d'água se é possível rir da situação. Muitas vezes seu cônjuge pode fazer algo não intencional que te chateie e até ficar preocupado(a) com sua reação mas se você reagir com bom humor e colocar um sorriso nos lábios, ambos poderão rir da situação e continuar a vida. Lembre-se existe sempre um modo bem humorado ou no mínimo suave para expressar algo que não nos agrada.

Façam sexo. Parece que estou vendo sua reação a essa frase (e acredite vejo a reação diferente do homem e da mulher). É estranho ter que lembrar aos casais que isso faz parte do casamento, sempre penso na frase que o pastor Cláudio Duarte usa em suas ministrações: "quando namoravam queriam mais não podiam e agora que casaram podem mas não querem". Um casamento vivo tem o sexo como parte integrante do relacionamento é comprovado que ele traz benefícios biológicos, psicológico, social, ético e espiritual - mas isso é assunto para outra postagem. Apenas ponha esse item em prática.

Orem juntos e um pelo outro. Sei que se você me acompanha aqui a algum tempo sabe que sempre menciono a importância de orar juntos. A oração produz um nível de intimidade indescritível e que só é conseguido dessa forma. Mas hoje quero reforçar também que é importante em seu momento devocional particular apresentar seu cônjuge a Deus, isso vai lhe dar uma visão cada vez mais clara do amor de Deus por você, pelo seu cônjuge e por seu casamento. Ao orar pelo seu cônjuge você vai conseguir a força e a motivação necessária para implantar os 3 itens que citei anteriormente. E se por ventura seu casamento está atravessando um período difícil que expressa mais morte do que vida então é por aqui que você deve começar. Lembre-se Jesus é especialista em trazer a vida o que está morto.

 Então é isso querido casal, espero que estas palavras possam trazer um novo ânimo e uma nova dimensão de vida para o seu casamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.