terça-feira, 10 de julho de 2018

3 frases que você não deve usar em seu casamento


Muitas vezes ao longo da jornada no casamento você e seu cônjuge podem ser levados a dizer coisas que jamais deveriam ser ditas um para o outro. As palavras devem ser usadas com muita sabedoria pois elas não podem ser recolhidas e infelizmente muitas delas quando usadas descuidadamente causam dores profundas na alma. 

Principalmente nos momentos de tensão e raiva o casal deve evitar falar muito, pois quando se está com raiva, nervoso ou frustrado perde-se a capacidade de avaliar o que vai falar de forma racional. 
Alguns anos atrás li uma frase de Augusto Cury que me marcou até hoje: os maiores erros, as piores decisões e as reações mais instintivas do ser humano, acontecem nos primeiros 30 segundos de tensão, os segundos cruciais nos quais a pessoa está totalmente dominada pelo ego, por pensamentos deletérios e por sentimentos pequenos.” 

Por essa razão quero encorajar você a analisar com mais cautela o que diz ao seu cônjuge nos momentos de raiva e trazer aqui 3 frases que você não deve usar em seu casamento. 

1. A culpa foi sua Esta é uma frase usada sem a menor parcela de culpa pelos cônjuges quando se deparam com um problema. É natural do ser humano transferir sua parcela de culpa ou simplesmente ir em busca de um “culpado” para uma determinada situação. “A culpa foi sua por chegarmos atrasados.”, “A culpa foi sua por não ter planejado com antecedência.” E assim um vai culpando o outro ao invés de buscar trabalhar como um time para a resolução do problema. 

2. Você nunca vai mudar.  Quantas vezes em aconselhamento conjugal ouço esta expressão. Infelizmente quando um dos cônjuges vive repetidas vezes uma experiência negativa por parte do outro é comum criar-se um bloqueio de proteção e prontamente acreditar que o outro jamais irá mudar aquele comportamento. Realmente é bastante difícil para algumas pessoas romper certos padrões de comportamento, mas difícil não é impossível e como marido ou esposa você deve ser o maior incentivador(a) para que a mudança do outro aconteça e usar esta frase não irá ajudar em nada, apenas colocará o outro na defensiva. 

3. Quero o divórcio. O mais interessante sobre esta frase é que na maioria das vezes quem a usa está apenas tentando fazer algum tipo de chantagem emocional com o outro, sem na verdade desejar a separação. O que ela não se dá conta é dos perigos envolvidos nessa afirmação. Quando dizemos ao outro que queremos o divórcio, mesmo que tenha sido dito em um momento de raiva, o que fica implícito nessa afirmação é cansei de você e não quero mais lutar por esse casamento. Isso gera insegurança no outro e a percepção de que o casamento não tem tanto valor para você. 

Essas são apenas três frases entre tantas outras que poderiam aparecer aqui para serem evitadas no casamento. O meu desejo com esta postagem de hoje é fazer com que você reflita e torne-se mais amiga do silêncio da próxima vez que estiver chateada ou frustrada com o seu marido (ou com sua esposa). Saiba que a melhor coisa a fazer quando estiver em uma discussão acalorada com seu cônjuge é pedir um tempo para que esfriem a cabeça e depois voltem a conversar. 

Em Cristo, Susi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.

Postagens relacionadas