segunda-feira, 21 de maio de 2018

Rotinas domésticas e a graça


Os cuidados com o lar... ah, os cuidados que rotineiramente são repetidos por nós, diariamente. O lavar, passar, limpar, cozinhar...

Ser dona de casa requer de nós muito mais do que a maioria das pessoas que não sabem o que é ser dona de casa pode pensar. Vai além do fazer, do manter tudo pronto, sim vai além. É o expressar cuidado e amor através dos pequenos - e grandes - serviços realizados ao longo dos dias, meses e anos.

Mas mesmo assim tem dias que nos perguntamos como vamos conseguir sair da cama e enfrentar mais um dia com todas as coisas para serem feitas novamente. Sem nenhuma novidade. Os pratos que foram lavados ontem hoje serão sujos novamente, a casa que foi organizada ontem precisará ser organizada novamente.

E então a pergunta: o que será que falta? o que será que posso fazer diferente hoje?

Eu fui surpreendida pelo Senhor hoje com a reposta para esta pergunta enquanto meu coração percorria junto com minha mente a lista de coisas que tenho para realizar... Enquanto organizava minha cama pensei - na verdade orei:

- Senhor, como vou lidar com tudo isso mais uma semana? Acho que não vou conseguir, estou cansada (minha semana anterior foi extremamente exaustiva física e emocionalmente).

E como Ele sempre faz, como pai amoroso que é, respondeu ao meu coração:

- Filha, sabe o que está faltando em seus afazeres? Um pouco de graça.

Amada, meu coração parou ainda com o lençol para dobrar em minhas mãos. Que revelação acabara de receber. GRAÇA! É isso!
E enquanto concluía a organização da minha cama meu coração foi se enchendo destes pensamentos que agora compartilho aqui com você.

Meu lar precisa de graça. E o seu também.

Graça no sentido de diversão, bom humor. Preciso encarar todos os dias rotineiros dos meus afazeres do lar com graça. Sem murmuração pela repetição incansável de tarefas, sem deixar que o descontentamento roube minha alegria e contamine quem chegar a minha porta. Encontrar alegria e diversão nas tarefas mais simples ou mais exaustivas.

Mas não apenas isso.

Preciso de graça no sentido de favor imerecido em meu lar. Recebi graça do meu Salvador então preciso liberá-la através dos meus atos de serviço no lar para minha família. Nunca em troca de algo, mas sempre por saber que a graça não mede seus esforços baseada na recompensa que receberá, ela simplesmente faz.
Preciso semear minhas atividades com graça pensando em como fazer um algo a mais para aqueles que desfrutaram do meu serviço. A minha família.
Sejam algumas flores sobre a mesa na hora da refeição ou um simples dobrar os guardanapos de maneira divertida. O colocar um perfume sobre os lençóis ou perfumar a casa no final da tarde com o aroma de um bolo no forno. Qualquer coisa que eu fizer seja permeada de graça.

Esse é o nosso chamado minha amiga, servir e ministrar ao nosso lar todos os dias e que façamos isso sempre com uma porção generosa de graça.

Em Cristo, sua amiga e irmã
Susi

2 comentários:

  1. Amada caiu como uma luva você nem imagina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber amada, Deus sabe realmente tocar em nossos corações. Beijos

      Excluir

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.