quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Lembrai-vos da mulher de Ló


Você não acha interessante que Jesus tenha dito: Lembrai-vos da mulher de Ló."? (Lc 17.32)

Ele poderia ter dito a mim e a você lembre-se de Abraão e sua fé, lembre-se de Noé e sua obediência mas Ele escolheu dizer: lembre-se da mulher de Ló.

Acredito que o Senhor, como conhecedor dos nossos corações que é, sabia da dificuldade que muitas vezes temos em deixar o passado no passado e para muitas há também a grande dificuldade em abandonar um certo estilo de vida.

A mulher de Ló já estava estabelecida em Sodoma, certamente tinha amigas e sua casa deveria ser seu lugar de conforto. Era um ambiente conhecido, era tão agradável poder ir ao mercado e encontrar seus conhecidos ou oferecer um bolo para uma vizinha que acabara de ganhar um bebê. Enfim era seu mundo.
Mas é justamente aí que Jesus nos confronta e alerta dizendo: lembrai-vos da mulher de Ló.

Como mulheres de Deus não devemos jamais nos acostumar com o mundo e suas práticas, não devemos fazer vista grossa e simplesmente achar que isso não nos afeta. Não dá para sentar confortavelmente na sala de nossas casas e deixar que a sujeira do mundo entre por ela através do aparelho de TV e acreditar que isso não abalará nossa vida e nossa comunhão com Deus.
Em Gênesis 18.20 vemos Deus contando a Abraão a situação em que se encontrava as cidades de Sodoma e Gomorra - "O seu pecado é grave". Era justamente este o ambiente que a mulher de Ló estava vivendo.

Quando Jesus menciona a mulher de Ló, Ele estava descrevendo sobre a vinda do Reino dizendo que seria semelhante aos dias de Ló "o povo estava comendo e bebendo, comprando e vendendo, plantando e construindo." (Lc 17.28). Minha amiga isto não soa alto e claro aos nossos ouvidos pois é assim que o mundo se encontra nos dias de hoje.

A advertência de Jesus nos chama a não olharmos para trás e sim seguirmos sempre avante olhando para o alto. Não se deixe seduzir pelas coisas desta vida pois todas são passageiras e temporais, não permita que dos seus lábios saiam declarações do tipo: "melhor eram os meus dias antigamente do que hoje" pois como alerta Salomão isso não é sábio (Ec 7.10) .

Precisamos como mulheres segundo o coração de Deus levantarmos os muros de proteção em nossos lares, não permitindo que a corrupção deste mundo adentre e contamine nossos filhos e nossos casamentos. Não devemos estar tão apegadas as coisas desta terra que não consigamos obedecer ao Senhor quando ele nos pede para abandonar um mau hábito.

Minha oração é para que o seu coração seja inflamado pela poderosa Palavra de Deus e constantemente seja lembrada da mulher de Ló para não incorrer no mesmo erro que ela e acabar tornando-se também um monumento de uma mulher tola e que amou mais as coisas deste mundo do que a obediência a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.