terça-feira, 14 de novembro de 2017

Cuidado com o que escolhe enxergar


Uma das formas que o inimigo vai usar para destruir seu casamento é usando seus próprios sentimentos.

Certamente em um casamento, marido e esposa, farão coisas que machucarão um ao outro. Seja isso feito de forma consciente ou não (muitas vezes magoamos que amamos de forma involuntária mas precisamos ficar atentos para evitar que isso aconteça).
É exatamente neste ponto que o inimigo começara a usar seus próprios sentimentos contra o seu cônjuge e consequentemente contra o seu casamento. O inimigo tem prazer em fazer com que brote nos corações a raiz de amargura (Hb 12.15), fazendo com a vida e os relacionamentos tornem-se cinzas e sombrios.

Não sei se você já passou pela experiência de ficar magoada com seu marido e deixar que aquela mágoa achasse morada em seu coração, alimentando-a trazendo a memória outras coisas negativas que seu marido já fez. Então sem que você perceba outros fatos negativos começam a vir em sua memória, algo do tipo: "viu como ele foi grosso com você? Mas isso não é novidade, lembra daquele dia quando ele fez isto ou aquilo?"
E dessa forma seu coração vai azedando cada vez mais em relação ao seu marido (isso também pode acontecer com o marido em relação a esposa).

Por esta razão é necessário que se mantenha alerta a essas sutis sugestões do inimigo, que tentará fazer com que você mantenha sempre uma lista de faltas a cerca do seu marido para usá-las sempre que outra falta for cometida.

Veja bem, quanto mais criticamos uma pessoa ou listamos seus erros e faltas, mesmo que apenas mentalmente, estamos abrindo uma porta para o distanciamento e para depreciação do relacionamento. E o inimigo sabe disso e usará isso contra você e contra seu casamento.

Se de alguma forma você caiu nesta armadilha e o inimigo tem tomado terreno em seu casamento fazendo com que a cada dia você despreze mais e mais a pessoa com quem se casou, é hora de mudar o jogo!

A partir de hoje, para cada ação negativa ou faltosa do seu marido você lembrará de duas ações positivas que ele fez. Essas ações positivas podem ser qualidades que ele possui mesmo que pareçam insignificantes comparadas a mágoa que você está sentindo no momento.  Na verdade eu te convido a um desafio ainda maior, faça uma lista por escrito das qualidades que seu marido possui não importa quais sejam. Ele é um bom pai? Anote. Ele preocupa-se em provê para sua família? Anote. Ele não tem nenhum vício? Anote. E assim por diante.

E sempre que uma ação negativa for cometida pelo seu marido recorra a esta lista em oração e diga a Deus que no momento você está muito frustrada ou magoada com o que seu marido fez mas que você escolhe amá-lo pelas seguintes razões e leia sua lista em voz alta para Deus.

Esse não é um exercício fácil, é muito mais fácil ficar chateada e "remoendo" cada detalhe de como seu marido sabe ser um homem insensível. Mas a escolha é sua se vai entregar seu casamento nas mãos do inimigo e deixar que ele mine sua apreciação por seu esposo.

Em Cristo,
Susi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.