quinta-feira, 9 de novembro de 2017

A resposta é não


Tenho certeza que você, como eu, já observou quantas vezes um bebê ouve a palavra não. Se você é mãe sabe por experiência que a palavra não é utilizada muitas e muitas vezes ao dia quando os pequeninos estão começando a andar e explorar o mundo (ou melhor os objetos de decoração da casa).

Não seria de estranhar se a primeira palavra dos bebês fosse não ao invés de papai ou mamãe. Mas o que acontece conosco a medida que vamos crescendo? Será que perdemos a habilidade de dizer não?
Muitas mulheres, e eu já me incluí nessa lista, tem uma dificuldade enorme em dizer não e isso causa um dano enorme em suas vidas. Seu casamento sofre, seus filhos sofrem, seus amigos sofrem e sua saúde sofre.

Por isso minha amiga vim conversar um pouco sobre isso com você.

O não é saudável. O próprio Jesus nos ensina que as nossas palavras devem ser sim, sim  não, não(Mt 5.37). É preciso que entendamos que jamais conseguiremos ser tudo para todos.
Agora deixe-me  compartilhar um pouco da minha experiência com você. Principalmente quando se relacionava a fazer algo "para Deus" eu nunca dizia não. Acreditava que se o fizesse estaria pecando ou entristecendo a Deus. O que acontece é que muitas pessoas se aproveitam desse tipo de conceito que temos e começam a nos explorar "em nome de Deus". Não querem saber se você trabalha fora, tem marido e filhos para cuidar simplesmente vão colocando seu nome em todo tipo de projeto que aparece na igreja. E isso aconteceu comigo.

Veja não me entenda mal, devemos sim ser úteis ao Reino, usar nossos dons e talentos em prol daquele que deu sua vida por nós. A questão é: Deus não espera que você faça tudo. Ele conhece seus limites e aprecia a ordem. Ele não espera que você deixe seus marido e filhos sem almoço porque estava na reunião de oração com as irmãs.

E de tanto agir assim comecei a me sentir ressentida com as coisas de Deus. Até que finalmente fui orar e abri meu coração dizendo ao Pai como estava me sentindo e que não queria entristecê-lo mas estava bem difícil manter tudo aquilo. Então, Jesus com seu jeitinho tão doce falou ao meu coração:

"Filha eu nunca te pedi para fazer tudo isso. Eu nunca esperei que você estivesse em todos as programações, na verdade o que mais me entristece é vê-la fazendo com o coração pesaroso."

Minha amiga, isso foi libertador! Eu entendi que Deus não espera de nós uma agenda lotada como expressão que o amamos. E isto não se aplica apenas ao serviço ministerial, isso é para vida. Por isso quero que hoje, se por ventura você tem dificuldades para dizer não, comece a usar essa palavra com mais frequência para não ultrapassar seus limites.

É preciso dizer não.

Mas antes de terminar quero te dizer para não usar o não em demasia. Agora você parece não estar entendendo mais nada, não é mesmo?

Mas o que eu quero te lembrar é que podemos sair de um extremo para outro. Passamos de uma vida de sim para tudo e para todos para o outro extremo de dizer não a tudo e a todos.

Por isso use sempre do equilíbrio para discernir que resposta dar, seja um convite para dirigir um grupo de oração ou um pedido para viajar no final de semana  peça direção a Deus em oração e decida o que vai ser melhor para você e sua família.

Como você lida com o não? Deixe seu comentário e vamos trocar experiências.
Em Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.