terça-feira, 16 de maio de 2017

Como posso te ajudar hoje?


Você leu o título da postagem com atenção? Leia novamente. Agora eu te pergunto, onde normalmente costumamos ouvir esta frase? Em lojas, pelos atendentes? Sim. Em restaurantes só que que de maneira diferente? Talvez.

O fato é que muitas vezes e em muitos ambientes costumamos ouvir essa frase mas quase nunca - para não dizer nunca - a ouvimos em nossa própria casa. Quantas vezes seu marido já te fez essa pergunta, ou sua esposa? Talvez você consiga contar nos dedos da mão.

Infelizmente esquecemos que o principal lugar para sermos cordiais e amáveis é dentro da nossa casa e com aqueles que amamos, principalmente entre marido e mulher.

Veja o que diz esse versículo:

"Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado." Tg 4.17

Talvez esse versículo não seja estranho para você todavia o que acontece é que sempre pensa sobre ele em relação a pessoas de fora mas não em relação com as que moram em sua casa, não com seu cônjuge.

Pois esse é o meu desafio a você.

Comece a partir de hoje a perguntar logo cedo ao seu marido ou esposa: o que posso fazer por você hoje? Aguarde a resposta e faça o que lhe for pedido.

Muitas vezes serão coisas simples como colocar o lixo fora ou comprar o pão na volta para casa, outras vezes podem ser pedidos que demandem mais tempo do seu dia porém o que realmente importa é que o outro saiba que você está ali e deseja tornar o dia dele/dela melhor através de seu auxílio.

Há um bom tempo atrás, li este alerta em um livro de Elizabeth George e foi incrível pra mim perceber que muitas vezes não nos damos conta que oferecemos o melhor do nosso tempo e dos nossos esforços aos outros e pouquíssimo aos que são de nossa casa.

Precisamos fazer disto um hábito, confesso que falho mais que meu esposo neste aspecto mas aos poucos vou tentando me lembrar de fazer desta pergunta um hábito.

E você, aceita o desafio?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.