quarta-feira, 13 de julho de 2016

Cuidado com os fungos


Tenho algumas plantas em casa e acho que elas além de deixar o ambiente bonito nos proporcionam um contato com a natureza que nos faz bem. Recentemente uma de minhas plantas foi atacada por um fungo e em pouco tempo ela começou a ficar com a aparência feia e doentia. O mesmo acontece com algumas árvores frutíferas que mesmo sendo lindas e produzindo frutos deliciosos, se forem atacadas por alguma espécie de fungo ou praga ficará doente e passará a produzir frutos também doentios.

Agora dê uma olhada para o seu casamento? Como anda a saúde do mesmo? Uma das melhores maneiras de detectarmos a presença de fungos em nosso casamento é observando os frutos que ele está produzindo. Observe o que Jesus disse:

"Considerem: uma árvore boa dá bom fruto; uma árvore ruim, dá fruto ruim, pois uma árvore é conhecida por seu fruto." Mateus 12:33

Muitas vezes não percebemos que o fato do nosso casamento estar produzindo ira, ressentimento, agressividade e outros tipos de frutos podres é porque ele foi atacado por um fungo: o pecado.

Precisamos fazer uma análise séria das nossas ações em nosso casamento e agir rápido se percebermos a presença de frutos podres ou bichados. assim como uma planta doente necessita de tratamento caso contrário morrerá, o pecado em nossas vidas também deve ser confessado e abandonado se não quisermos ser destruídos por ele.

Analise seu casamento. Não permita que o pecado, seja ele qual for continue a contaminar sua vida e a de sua família. Elimine-o.

O melhor herbicida contra o pecado é "o sangue de Jesus, ..., [que] nos purifica de todo pecado." 1 João 1:7

Confesse a Deus e ao seu cônjuge suas falhas e permitam-se serem curados e restaurados pelo sangue do Cordeiro.

"Querido Deus, em nome do teu amado filho Jesus Cristo suplicamos que venhas purificar nosso casamento de qualquer pecado que esteja afetando a sua saúde. Confessamos diante de Ti nossos erros e abandonamos todos eles para glória do teu nome. Amém"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.