terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Mandando Deus embora



Cada vez mais precisamos entender que quanto mais afastarmos Deus do nosso casamento mas rápido ele irá desmoronar.

Muitos casais tem sido displicentes em sua comunhão com Deus e depois vão a Ele queixar-se de como as coisas andam mal no casamento.

Isto me fez pensar em Anne Graham quando foi questionada sobre como Deus teria permitido uma catástrofe tão tremenda como a do 11 de setembro nos Estados Unidos e ela respondeu: “Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco?”

É assim que muitos casais fazem em seus casamentos. Vão lentamente pedindo ou "permitindo" que Deus deixe seus lares. Não oram juntos como casal, não realizam culto doméstico, não selecionam o que assistem na TV ou na internet (nem se preocupam com o que os filhos estão vendo) e aos poucos seu casamento vai desmoronando.

Não permita que seja assim com você e seu casamento. Se até o momento tudo estava empurrando Deus para fora hoje é o dia de fazer uma faxina e mandar para fora tudo aquilo que os afasta de Deus. Comece hoje mesmo a trazer a presença de deus de volata a sua vida e ao seu casamento.

Lembre-se: "Se não for o Senhor o construtor da casa, será inútil trabalhar na construção. Se não é o Senhor que vigia a cidade, será inútil a sentinela montar guarda." Salmos 127:1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.