terça-feira, 15 de setembro de 2015

O amor não se ira facilmente - Desafio de Amar

"Melhor é o homem paciente do que o guerreiro, mais vale controlar o seu espírito do que conquistar uma cidade." Provérbios 16:32

O amor é tardio em ofender e pronto a perdoar. Você se irrita e se ofende facilmente? 

Irritar-se facilmente significa "estar próximo à ponta de uma faca". Não livre de ser ferido. 
Quando sob pressão, o amor não se irrita. Problemas pequenos não criam grandes contra-
ataques. A verdade é, o amor não se ira ou se machuca a menos que exista uma razão legítima e justa diante de Deus. A esposa amorosa não é extremamente sensível ou mal- humorada, mas exerce o autocontrole emocional. Pergunte a si mesmo, "Sou uma brisa suave ou uma tempestade esperando para agir?" 


Por que as pessoas se irritam facilmente? Existem, pelo menos, duas razões principais que contribuem para isso. 

Estresse.O estresse nos sobrecarrega, suga nossa energia, enfraquece nossa saúde, e nos deixa mal-humorados. A vida é uma maratona, não uma corrida de 100 metros rasos. A Bíblia pode nos ajudar a evitar o estresse que é prejudicial à saúde. Ela nos ensina a deixar o amor guiar nosso relacionamento e a não cair em discussões desnecessárias (Cl 3:12-14). A orar pelas nossas ansiedades ao invés de lidar com elas por nós mesmos (Fp 4:6- 7). A delegar tarefas quando estivermos sobrecarregados (Ex 18: 17- 23). A evitar prazeres excessivos (Pv 25:16). 

A Bíblia também nos exorta a tirar um dia por semana para adorar e descansar. Estabelecer esse tipo de espaço extra faz com que os impactos das pressões ao nosso redor sejam amortecidos, reduzindo o estresse que nos mantém no limite com o nosso marido. Mas existe uma razão mais profunda que contribui para uma pessoa se irritar facilmente. 

Egoísmo. Quando nos irritamos facilmente, o coração do problema é primeiramente um problema do coração. Jesus disse, "Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca" (Mateus 12:34). Algumas pessoas são como limão: quando a vida as espreme, elas liberam uma resposta azeda. Alguns são mais parecidos com o pêssego: quando pressionados, a resposta ainda é doce. Irar-se facilmente é um indicador de que uma área escondida de egoísmo e insegurança está presente onde o amor deveria reinar.
Mas o egoísmo também veste muitas outras máscaras: A cobiça, por exemplo, é o resultado de ser ingrato pelo que você tem e escolher encobrir ou se apaixonar por algo que é proibido. Quando o coração é ambicioso, ele se irrita e se frustra facilmente (Tg 4:1-3). A raiva não resolvida de uma pessoa amargurada vem à tona quando é provocada (Ef 4:31). A ambição por mais dinheiro e posse nos frustrará com desejos inalcançáveis (1 Tm 6:9-10). 

Mas quando o amor entra em nosso coração, ele nos acalma e nos inspira a tirar o foco de 
nós mesmos. No final das contas, o amor diminui o estresse e ajuda a acabar com o veneno que pode crescer dentro de nós em cada decisão que tomamos. Assim, ele prepara o nosso coração para responder ao nosso marido com paciência e encorajamento, ao invés de responder com raiva e irritação.

Texto extraído do livro O Desafio de Amar - BV Book

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.