quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Aprendendo a aceitar o outro - Devocional para Casais



Certa vez li sobre uma mulher que era casada com um cirurgião plástico e já havia se submetido a dez cirurgias para satisfazer ao marido. E ela dizia: "Ele nunca vai me abandonar, se ele se cansar do meu visual pode modificá-lo".

Mudar pode ser positivo. Todos nós temos áreas da vida que precisamos de mudança e quando se trata do nosso marido ou esposa sempre existem áreas que gostaríamos em que eles fossem diferentes. As coisas realmente começam a se complicar quando queremos que ele ou ela seja alguém que não pode ser.

A pessoa com quem você se casou tem características que simplesmente não vão desaparecer ou mudar, elas foram dadas por Deus ao seu cônjuge para que ele ou ela fossem únicos.

O grande problema é que vivemos em uma sociedade que insiste em amar "por causa de" e não "apesar de".

Precisamos compreender que muitos desses traços que gostaríamos que mudassem em nosso cônjuge são os mesmos que nos atraíram a ele antes do casamento. As diferenças podem ser encaradas de uma forma positiva pelo casal para acrescentar um ao outro aquilo que o outro possuim de diferente.

Não devemos focar demais em como gostaríamos que nosso cônjuge fosse pois assim deixamos de apreciar as qualidades que realmente são importantes para nós.

Talvez devêssemos considerar o que G. K. Chesterton disse:

"A melhor motivação para amarmos alguém é compreender que podemos perdê-lo."

O que você gostaria que fosse diferente em seu marido ou esposa? Apresentem isto ao Senhor em oração e não se surpreenda se Ele lhe responder que a maior mudança deve acontecer em você. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.