terça-feira, 18 de agosto de 2015

Palavras e sexo

"A sua boca é muitíssimo suave; sim, ele é totalmente desejável.[...]" Cânticos 5:16

Não sei se os casais dão o devido valor que as palavras tem para o ato sexual. Na verdade como nos ensina a Bíblia elas tem poder para construir e destruir (Pv 18.21) e afetam positiva ou negativamente a intimidade do casal.

Em alguns aconselhamentos que fiz já ouvi queixas de mulheres que sentiam-se ofendidas por seus esposos devido ao linguajar usado por eles na hora da intimidade, porém elas nunca haviam chegado até eles e mencionado o problema e isto acabou virando um problema na vida intima do casal pois a esposa não desejava estar com seu marido, ele por sua vez não sabia do problema e sentia-se rejeitado.

Então que tal algumas dicas para ambos, marido e mulher, sobre palavras e sexo?

1. Evite linguajar vulgar

Isso acontece na maioria das vezes com homens que foram criados em um ambiente que lhes ensinou uma visão distorcida sobre sexo. As palavras vulgares não promovem efeitos positivos nas mulheres. Elas ofendem, magoam e humilham, ou seja um efeito totalmente contrário ao amor.

2. Use palavras apaixonadas.

Palavras apaixonadas não parecem nem de longe com palavras vulgares. As palavras apaixonadas elevam a alma e o desejo também. As mulheres são extremamente sensíveis a palavras românticas mas os homens também gostam de ser elogiados por suas esposas. O que acontece é que muitas delas sentem-se receosas de falar palavras apaixonadas e excitantes aos seus maridos pela forma como foram criadas, mas no casamento somos livres para expressar nosso amor.

3. Cuidado com o que diz

As palavras podem ferir. Cuidado com o que você diz ao seu marido ou esposa pois estas palavras podem colocar sua intimidade totalmente a perder. Muitas vezes mesmo que "brincando" muitos maridos ou esposas fazem comentários negativos sobre seu cônjuge e depois não conseguem entender por que elas/eles estão sempre dizendo "hoje não." 

4. Diga o que lhe agrada

Muitos casais não conversam sobre sexo e vão levando os anos de casamento frustrados em sua intimidade sexual simplesmente por não conseguir expressar ao outro o que lhe agrada e o que lhe desagrada. Seu marido ou esposa nunca vai adivinhar o que você gosta ou não a menos que lhe diga.

5. Conversem com Deus

Se tem duas palavras que deveriam andar mais juntas seriam oração e sexo. Precisamos apresentar a nossa vida íntima a Deus para que Ele possa abençoá-la e guardá-la segundo sua vontade. Como casal apresentem a intimidade conjugal de vocês a Deus e vejam como puderam desfrutar de um relacionamento muito mais muito melhor. Procurem ler juntos o livro de Cantares e Salomão e observem como as palavras foram usadas para elevar a intimidade  sexual.

Deus planejou a intimidade conjugal para ser vivida de forma plena pelo homem e pela mulher que estão unidos pelo casamento então busquem vive-la plenamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.