quinta-feira, 2 de julho de 2015

Devocional para casais - O selo


"Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço,[...]" Cantares 8.6

O selo de forma geral é utilizado para marcar algo e identificar sua propriedade. Na antiguidade os reis usavam um anel que tinha a finalidade de selar seus decretos para que quem o lesse soubesse de sua autenticidade. O selo também pode ser usado para fechar algo, lacrar. Quando não desejamos que alguém leia o que escrevemos costumamos selar para que apenas a pessoa desejada possa descobrir seu conteúdo.


Quando o versículo de Cantares 8.6 é aplicado ao casamento podemos aprender duas verdades importantes:



Ao nos tornarmos uma só carne com nosso cônjuge "selamos o nosso coração" para estranhos. Somente o nosso cônjuge passa a ter permissão para ler e desfrutar do nosso ser mais íntimo e secreto. 



No casamento também recebemos o "selo sobre o nosso braço" que é a identificação para outros que pertencemos a alguém. Um dos símbolos comuns para demonstração deste selo em algumas culturas é a aliança que usamos ao nos casarmos. Quando olhamos a mão de um homem ou de uma mulher e vemos uma aliança conseguimos identificar que esta pessoa está compromissada com alguém.

Quando não respeitamos estas duas observâncias em nosso relacionamento conjugal certamente corremos riscos de deixá-lo vulnerável a ataques de estranhos.
Peça a Deus que renove a cada dia o selo que existe entre você e seu cônjuge e que o próprio Deus seja o ela que os une.

Você tem permitido que o seu coração e o seu braço estejam selados pelo seu cônjuge?  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.