terça-feira, 3 de março de 2015

Pequenas coisas - grandes destruições

"Apanhem para nós as raposas, as raposinhas que estragam as vinhas, pois as nossas vinhas estão floridas." Cânticos 2:15

Com o passar do tempo no casamento começamos a perceber cada vez mais, sob um aspecto cada vez maior, coisas que nosso cônjuge faz que nos irritam.
Começamos a observar como colocam as roupas sujas amontoadas ao lado do cesto e nunca dentro dele, não enchem a garrafa de água quase vazia da geladeira, sujam a pia com pasta de dente, não abastecem o carro mesmo vendo que está na reserva e essa lista continua a crescer no decorrer dos anos.

Nenhuma dessas coisas podem levar um casamento a fracassar, mas elas influenciam. Ninguém gosta de viver em um ambiente onde a reclamação é algo constante. Já parou para pensar que pode ser por isso que seu cônjuge não gosta de estar muito tempo em casa? Somos muitas vezes mestres em indiretas para enaltecer o erro do nosso marido(ou esposa) e sempre queremos dizer como "tivemos que guardar o leite porque ALGUÉM esqueceu no balcão a noite".

Precisamos parar e começar a (re)construir o caminho para o amor em nosso casamento, não importa quanto tempo tenhamos de casadas.
Uma das coisas que observamos em recém-casados é que eles naturalmente elogiam um ao outro constantemente, e acredite, o elogio pode fazer muito mais por seu casamento do que as reclamações. 

Tente construir listas positivas a cerca do seu marido (ou esposa) sobre as coisas que ele faz que são motivos de alegria para você. Liste-as e elogie seu marido por elas sempre que possível. Use suas palavras para levantar e não para destruir. Tenho certeza que quando começar a observar as coisas boas, elas serão capazes de mudar a visão que você tem do seu casamento.

O que você pode dizer de positivo hoje para o seu cônjuge hoje?

Pense nisto, fique com Deus e nos vemos amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.