sábado, 11 de fevereiro de 2012

FALANDO SOBRE SEXO

A satisfação sexual mútua tornou-se um sonho distante para muitos casais. As Escrituras dizem que a relação sexual foi projetado por Deus para ser uma expressão profunda da unidade,mas muitos  encontram nela uma fonte de conflito e dor. Muitas esposas se sentem exploradas,e muitos maridos se sentem rejeitados.União sexual, onde o marido e a esposa tem um sentimento de satisfação mútua,não acontece simplesmente porque duas pessoas se casam.Como em todo o resto da vida, temos que crescer juntos. Crescimento requer comunicação.
Ler um bom livro lhe dará informações gerais sobre as diferenças sexuais entre homens e mulheres. Mas, ao ouvir o seu cônjuge lhe dará informações específicas sobre como melhorar o seu relacionamento sexual.Deixe-me torná-lo prático. Faça uma lista das coisas que você deseja que seu cônjuge façaou não faça e que tornaria a experiência sexual melhor para você.
Agora, peça ao seu cônjuge para fazer o mesmo. Em seguida, sentem-se e compartilhem suas listas um com o outro. É uma maneira fácil de falar sobre esta parte do seu casamento.
Como você está fazendo para atender as necessidades sexuais de seu cônjuge? Em 1 Coríntios, capítulo sete, maridos e esposas são desafiados a conhecer uns aos outros nas suas necessidades sexuais."Não engane o outro", dizem as Escrituras.Nossos corpos são para ser um presente para o cônjuge. Devemos estar disponíveis para dar o prazer sexual um ao outro. Este é o desejo de Deus.
Por que, muitas vezes, encontramos tanta luta em experimentar este prazer mútuo?Talvez tenhamos esquecido o ingrediente-chave do "amor". O amor é olhar para fora, parao interesse da outra pessoa.
A questão é:"Como posso oferecer prazer a você?"O amor não exige a sua própria maneira. O amor não é agressivo, ou irritável.Nós sempre tivemos a palavra certa. Nem sempre dizemos: "Vamos fazer amor." Como é triste que muitas vezes esta frase se reduz a: "Vamos fazer sexo".Sexo sem carinho genuíno um pelo outro estará vazio de fato. A ideia de Deus é que o sexo seja uma expressão de nosso profundo amor e compromisso de longa data de um para com o outro. Qualquer coisa aquém disso perde a intenção de Deus.
Por Gary Chapman

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você pensa é importante para nós. Deixe aqui seu comentário.